<
>

Ex-Flamengo, Domènec Torrent quebra recorde negativo na Turquia, vê Galatasaray despencar e ficar a 31 pontos do líder

Técnico espanhol ainda não venceu uma partida sequer desde que foi contratado pelo Galatasaray, no início de 2022


Responsável por substituir Jorge Jesus no Flamengo em 2020, o técnico espanhol Domènec Torrent não vive uma boa fase na sua passagem pelo futebol turco. Atual comandante do Galatasaray, um dos gigantes do país, Dome ainda não somou uma vitória sequer à frente da equipe e, de quebra, ainda atingiu um recorde negativo.

O técnico de 59 anos é o primeiro, na história do Galatasaray, a não conquistar uma vitória sequer nas cinco primeiras partidas à frente do clube. Até o momento, Dome soma três derrotas e dois empates na temporada 2021/22 do Campeonato Turco. Além disso, foram 11 gols sofridos e apenas 6 marcados durante o período.

Por conta da sequência ruim, o clube turco ficou em situação ainda pior no campeonato nacional. Com 29 pontos somados, o Galatasaray ocupa o 13° lugar na tabela de classificação e, neste momento, está a 31 pontos de distância do Trabzonspor, que é o líder da competição.

Além disso, apenas três pontos separam a equipe da zona de rebaixamento. Ou seja, além de não ter mais chances de brigar pelo título, a equipe de Istambul ainda corre o risco de ser rebaixado na competição.

Domènec Torrent foi anunciado como técnico do Galatasaray no início de janeiro deste ano. O espanhol chegou para substituir o turco Fatih Terim, que estava há quatro anos e meio no clube. À epoca, a equipe já não vinha em boa fase no Campeonato Turco.

A última vitória da equipe aconteceu exatamente no Natal. No dia 25 de dezembro de 2021, o Galatasaray derrotou o Antalyaspor, em casa, por 2 a 0. Desde então, o clube não sabe mais o que é vencer na temporada: nos últimos 7 jogos (incluindo Terim no comando), foram quatro derrotas e três empates.

O Galatasaray é o primeiro clube de Dome desde a saída do Flamengo, em novembro de 2020. O espanhol viveu um período "sabático" de mais de um ano até aceitar a oferta de uma nova equipe. No Rubro-Negro, entre julho a novembro, foram 24 jogos, com 14 vitórias, 4 empates e 6 derrotas.

O espanhol ainda trabalhou muitos anos como auxiliar técnico de Pep Guardiola, acompanhando o compatriota no Barcelona, Bayern de Munique e Manchester City. Entre 2018 e 2019, assumiu o comando do New York City FC, dos Estados Unidos, como treinador principal.