<
>

Ex-PSG, Pastore tem rede social 'invadida' por torcedores de time da Série A; agente diz se é possível volta à América do Sul

Torcida do Botafogo 'invadiu' o Instagram do meia Javier Pastore e pediu sua vinda. Empresário do jogador, Marcelo Simonian falou com o ESPN.com.br sobre uma volta do argentino à América do Sul


Em negociação avançada por Oscar Romero e com Elkeson, Luiz Adriano e Rafael Carioca na mira, o Botafogo viu mais um nome virar alvo. Dessa vez, pela ação dos torcedores nas redes sociais.

Isso porque os Alvinegros 'invadiram' o perfil de Javier Pastore, meia argentino com passagens pela seleção e atualmente no Elche, da Espanha, e pediram a vinda do jogador de 32 anos.

Em contato com o ESPN.com.br, Marcelo Simonian, empresário do jogador revelado pelo Talleres, afirmou que, até o momento, não houve contanto do clube carioca.

Com vínculo até junho de 2022 com o Elche, Pastore pode já assinar um pré-contrato com outro clube. No entanto, o agente do meia vê com poucas possibilidades uma volta à América do Sul.

O principal fator que dificulta o retorno do atleta ao continente é o alto salário recebido na Espanha. Pastore está no futebol europeu há 13 temporadas.

Revelado pelo Talleres, Pastore passou dois anos defendendo o Huracán, clube em que se destacou no futebol argentino e despertou o interesse da Europa.

Do Globo de Parque Patricios, partiu para o Palermo, da Itália, onde jogou ao lado de Edinson Cavani e atuou por duas temporadas. Em seguida, foi negociado com o Paris Saint-Germain.

Na equipe do Parque dos Príncipes, Pastore ficou por sete temporadas, maior quantidade de tempo do argentino em um clube europeu. Ao todo, foram 269 jogos, 45 gols marcados e as conquistas do Campeonato Francês, cinco vezes, e a Copa da França, em quatro oportunidades.

Na temporada 2018-19, voltou à Itália para defender a Roma, onde ficou até ano passado. Atualmente, defende o Elche. Pela seleção argentina, disputou a Copa do Mundo de 2010 e três vezes a Copa América, em 2011, 2015 e 2016.