<
>

Bambu vê Corinthians como 'maior desafio' da vida e explica 'passo atrás' na carreira

play
'Só vem': Willian abre conversa que teve com Diego Costa sobre o Corinthians (0:55)

Meio-campista do Corinthians é o convidado do Bola da Vez desta semana (0:55)

Robson Bambu foi apresentado como novo reforço do Corinthians nesta sexta-feira (28)


O Corinthians apresentou um novo reforço nesta sexta-feira (28). Robson Bambu, que foi contratado por empréstimo do Nice, recebeu a camisa do Timão das mãos de Roberto de Andrade, diretor do clube, e falou pela primeira vez como jogador do Alvinegro. De cara, o defensor afirmou estar de frente ao maior desafio da carreira.

"Com certeza (maior desafio). Vai ser um desafio muito grande pra mim, principalmente por estar retornando agora. O Corinthians está voltando a disputar grandes competições, e eu fico muito feliz de estar participando. Vou procurar encarar isso da melhor forma possível."

"Foi uma coisa muito rápida o interesse do Corinthians, instituição que respeito muito, feliz de estar aqui. As vezes passamos por momentos difíceis na carreira, normal. Eu vinha sem jogar. O Corinthians está me dando essa oportunidade. Encaro da melhor maneira possível. É procurar retribuir dando o meu melhor", completou.

Recuperado de um edema ósseo no tornozelo direito, que o afastou dos gramaos nos últimos meses, o zagueiro de 24 anos afirmou estar preparado para jogar.

"Queremos estar sempre jogando, mas tem coisas que são fora do nosso controle. Minha cabeça tá super boa. O mais importante é seguir trabalhando. Voltei de lesão agora, estou preparado. Procuro ajudar meus companheiros e o mais importante é ajudar o Corinthians."

Por isso, Robson Bambu trata com gratidão a oportunidade dada pelo Corinthians de recomeçar a carreira. O jogador se diz feliz com a decisão em voltar ao Brasil e ficar perto da família, mesmo tratando como um 'passo atrás', já que deixou claro o sonho de atuar na Europa.

"Em relação a voltar ao Brasil, estou perto da minha família. A gente tem um sonho. Eu sempre tive o sonho de ter a oportunidade de jogar no futebol europeu. Não é um sonho só meu, mas de tantos outros jovens. Sempre quando a gente acaba dando esse passo atrás, passa muitas coisas na nossa cabeça. Mas minha cabeça está muito tranquila em relação a isso. O mais importante é estar feliz com a decisão que eu tomei. Estou feliz de estar perto da minha família, fui abraçado aqui, então acho que é encarar essa aventura da melhor maneira possível", finalizou.