<
>

Ex-técnico do Werder Bremen é suspenso do futebol por um ano após falsificar comprovante de vacinação

O treinador Markus Anfang e o auxiliar Florian Junge foram acusados pelo próprio clube de falsificar o comprovante de vacinação contra a COVID-19


A Federação de Futebol da Alemanha suspendeu Markus Anfang, ex-técnico do Werder Bremen, por um ano, por ter usado um comprovante falso de vacinação contra a COVID-19. Florian Junge, seu assistente na época, também recebeu a mesma punição.

Além de não poder exercer qualquer atividade no futebol durante 12 meses, o ex-treinador ainda terá que pagar uma multa no valor de 20 mil euros (R$ 122 mil).

Anfang passou a ser investigado depois que o próprio departamento médico do clube, que disputa a segunda divisão do futebol alemão, o acusou de falsificar o documento, em novembro de 2021.

Na ocasião, o treinador apresentou o comprovante de vacinação falso para evitar o periodo de quarentena, já que tinha tido contato com um jogador que tinha testado positivo para a COVID-19.

No mesmo mês, após a repercussão negativa do caso, Anfang pediu demissão do cargo de treinador da equipe após cinco vitórias em 14 jogos.