<
>

Endrick no Real Madrid? Jornal revela trunfo que Florentino tem para superar o Barcelona: 'Não quer perder'

Segundo informações reveladas pelo jornal Mundo Deportivo, o Real Madrid tem uma carta na manga para tentar vencer a concorrência na Europa para contratar Endrick: Juni Calafat, que levou Rodrygo e Vinicius Jr. ao Santiago Bernabéu


'Endrick é o jogador que todos querem na Europa'. É dessa maneira que o tradicional jornal espanhol Mundo Deportivo inicia uma reportagem publicada nesta quarta-feira (26) sobre a nova sensação revelada pelo Palmeiras. Segundo o diário, Real Madrid e Barcelona travam uma batalha pelo atacante.

A publicação, no entanto, aponta que os merengues contam com um trunfo de bastidores na disputa pelo brasileiro: Juni Calafat.

Foi ele o representante do gigante da capital espanhola em diversas negociações recentes de sucesso como as que levaram Reinier, Rodrygo e Vinicius Jr. ao Santiago Bernabéu.

“Agora é a vez deste rapaz [Endrick], que começará a ser o protagonista da equipe principal. E Florentino Pérez não quer perder esta oportunidade”, publica o Mundo Deportivo.

Todos os interessados em tirar a joia do Palmeiras, no entanto, sabem que precisarão esperar por Endrick. Com apenas 15 anos, o atacante ainda sequer assinou seu primeiro contrato de atleta profissional com o clube do Allianz Parque. A tendência é que isso aconteça apenas em julho, quando completará 16 anos.

De acordo com as regras da Fifa, no entanto, uma transferência para o futebol internacional só pode acontecer quando o jogador completar a maioridade, em julho de 2024.

Ainda citando a reportagem do Mundo Deportivo, que traça um perfil da joia do Palmeiras, os movimentos pelo atleta também passaram a agitar a Nike, fornecedora de material esportivo que patrocina Endrick.

De acordo com a publicação, a gigante norte-americana corre para ter um novo contrato com o atacante, que tem vínculo assinado apenas até 2023.

“Apesar de ter recebido ofertas suculentas de outras marcas de patrocínio, parece que Endrick aceitará o novo contrato e continuará ligado à Nike americana por muitos mais anos”, indica o jornal espanhol.