<
>

Ex-Corinthians entra na discussão sobre levar joia de 15 anos do Palmeiras ao Mundial e diz o que faria se fosse Abel Ferreira

Ex-goleiro de Corinthians e Flamengo, Felipe disse que não levaria Endrick para o Mundial se fosse técnico do Palmeiras


No último fim de semana, Abel Ferreira freou a expectativa de levar Endrick para o Mundial de Clubes, dizendo que a promessa de 15 anos deveria ir para a Disneylândia em vez disso. E para o goleiro Felipe, ex-Corinthians e Flamengo, o treinador tem razão.

Nesta segunda-feira (24), em participação no Arena SBT, o jogador, que atualmente defende o Taubaté, disse que Endrick ainda tem muito a aprender antes de contribuir com o time principal do Palmeiras.

“Eu estou com o treinador. Endrick tem 15 anos ainda, tem muito a aprender ainda. Acho que ele tem que descansar. Provavelmente ele tem grandes chances de ganhar a Copinha, depois vai querer descansar... 15 anos, tem muito ainda a aprender”.

Felipe também citou a possível pressão da torcida palmeirense sobre Endrick caso ele seja promovido ao time principal cedo demais.

“A própria torcida que está botando ele lá em cima é a mesma torcida que depois cobra demais. Só pela idade dele, são 15 anos ainda, então acho melhor resguardar. É um diamante bruto ainda, tem um futuro brilhante pela frente”.

Nesta terça-feira (25), Endrick disputará a final da Copa São Paulo de Futebol Júnior diante do Santos. O Verdão busca o título inédito em casa, no Allianz Parque, a partir de 10h00 (de Brasília).