<
>

Súmula de São Paulo x Palmeiras na Copinha identifica invasores e diz que faca foi arremessada pela torcida

Palmeiras derrotou o São Paulo por 1 a 0 e avançou à decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior


O Palmeiras está na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Alviverde derrotou o São Paulo no clássico e irá fazer a final contra o Santos. E a semifinal teve episódios para se esquecer.

Na etapa final, torcedores do Tricolor invadiram o gramado da Arena Barueri e chegaram a partir para cima dos atletas do clube rival.

Em seguida, um jogador do Palmeiras encontrou uma faca na grande área, onde ocorreu a confusão, e entregou para a arbitragem.

Na súmula da partida, o árbitro Matheus Delgado Candançan identificou os torcedores do São Paulo que invadiram o gramado e detalhou os momentos conturbados.

Veja abaixo o que foi listado na súmula:

Aos 45 + 2 do primeiro tempo, paralisei a partida devido ao arremesso de uma garrafa plástica dentro do campo de jogo oriundo da torcida do São Paulo F.C. Aos 11 minutos do segundo tempo paralisei novamente a partida, devido ao arremesso de copos plásticos próximo ao assistente de número 2 Sr. José Lucas Candido de Souza, também vindo da torcida do São Paulo FC. Aos 27 minutos do segundo tempo houve invasão no campo de jogo de um torcedor da equipe do São Paulo F.C, sendo prontamente retirado pelo policiamento. Este torcedor foi identificado pelo Delegado do Jecrim Dr. Cesár Saad como o Sr. Williams Cristiano da Silva RG 44.183.038. Aos 45 +5 minutos do segundo tempo paralisei a partida devido a invasão de torcedores da equipe do São Paulo F.C, sendo identificados pelo JECRIM os seguintes torcedores: Sr. Gabriel Bazarello Caires de Jesus RG 52.277.200-6, que chegou a atingir com uma peitada e um empurrão o atleta de n. 04 da equipe do S. E. Palmeiras sr. Lucas de Freitas Molarinho Chagas; o sr. Fábio Cristiano da Silva RG: 44.183.013-4; e mais um torcedor, que não pôde ser identificado. Os mesmos foram contidos pelos atletas do São Paulo FC e pelo policiamento. Neste momento da invasão foram arremessados vários objetos dentro do campo de jogo, dentre eles: pedaços de assentos, chinelos, copos plásticos, e também uma faca, a qual foi entregue para equipe de arbitragem e encaminhada para o JECRIM do estádio. Após tal fato, solicitamos ao policiamento, tendo como responsável o Sr. Cap PM Alexandre Rodrigues Abbara RE 940004-4, a garantia para a continuidade da partida, na qual o mesmo garantiu a segurança de todos os atletas e torcedores do estádio. Informo que toda esta paralisação deu um total de 08 (oito) minutos até o reinício da partida.

Agora, o Palmeiras irá enfrentar o Santos, na terça (25) pela decisão da Copinha. O Alviverde busca o primeiro título da competição.