<
>

Técnico do Palmeiras lamenta invasão com faca e projeta final da Copinha

Neste sábado, o Palmeiras derrotou o São Paulo por 1 a 0, na Arena Barueri, e garantiu vaga na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Pouco antes do apito final, um torcedor do Tricolor invadiu o campo com uma faca, e o jogo foi paralisado por alguns minutos.

O técnico do Palmeiras, Paulo Victor Gomes, comentou brevemente sobre a situação.

“A gente não tem o controle sobre esse tipo de situação. A gente fica muito triste e chateado, procuramos segurar os nossos atletas e fazer o que deu para fazer”, disse o treinador.

Na final da Copinha, o Palmeiras terá pela frente o Santos. A decisão será disputada na terça-feira que vem (dia 25) e deve ser realizada no Allianz Parque, já que o Verdão tem melhor campanha na competição.

Paulo Victor projetou a decisão, garantindo que seu time manterá os pés no chão.

“Não gosto de falar sobre pressão, acho que a pressão é um privilégio de quem trabalha em alto nível, com grandes empregos e equipes. A gente vai continuar fazendo da mesma forma, com muita naturalidade e tranquilidade. Respeitar muito o adversário e, por merecimento, conquistar o nosso objetivo”, finalizou.