<
>

São Paulo muda número de Calleri para 2022 e sinaliza que saída de Pablo está próxima

Argentino, que brilhou na primeira passagem com a número 12 e jogou com a 30 no ano passado, será o camisa 9 a partir do Campeonato Paulista


Jonathan Calleri ganhou um presente da diretoria do São Paulo neste sábado (22). Após a vitória no jogo-treino contra o São Bernardo, o clube divulgou que o argentino assumirá a camisa 9 na temporada.

A estreia de Calleri com o novo número será na quinta-feira (27), em Campinas, quando o São Paulo visita o Guarani, às 21h30 (de Brasília), pela rodada de abertura do Campeonato Paulista.

A mudança de Calleri, que usou a camisa 12 em sua primeira passagem e era o 30 no ano passado, sinaliza também que Pablo deve mesmo deixar o Morumbi em breve.

Contratação mais cara da história do São Paulo, Pablo foi camisa 9 desde a metade da temporada 2019, após atuar os primeiros meses com a 12. O jogador está fora dos planos da comissão técnica e negocia a rescisão de contrato.

Movimento semelhante aconteceu com Vitor Bueno, outro nome descartado por Rogério Ceni do elenco. O São Paulo apresentou o meia-atacante Alisson, ex-Grêmio, com o número 12, usado justamente por Bueno, que está em vias de rescindir seu vínculo com o clube.

A tendência é que Pablo retorne ao Athletico-PR, onde brilhou em 2018 e convenceu o São Paulo a pagar acima de R$ 26 milhões para tê-lo. Agora, porém, ele deve retornar sem custos, já que rescindirá com o time paulista. Falta um acordo financeiro, de valores que o clube deve ao atleta, para oficializar o negócio.

Calleri é mais um jogador que troca de número no elenco do São Paulo. Dias antes, o clube entregou a camisa 8 a Luan, após o volante ter cedido a 13 ao lateral-direito Rafinha. Das camisas consideradas "titulares", a 3 e a 7 estão sem dono ainda. Vale lembrar que Nikão, ex-Athletico, assumiu a 10.