<
>

Alex, Endrick e mais: por que São Paulo x Palmeiras na Copinha é muito mais do que só rivalidade histórica

Times se enfrentam neste sábado, às 19h (Brasília), na Arena Barueri, valendo uma vaga na final


São Paulo e Palmeiras se enfrentam na Copa São Paulo de Futebol Júnior, neste sábado (22), pela semifinal da competição. Os dois times chegam com status de favoritos muito por conta de dois nomes: Alex e Endrick. E essa dupla que aumenta a rivalidade na busca pela decisão.

Do lado tricolor, o ex-meia ídolo do time alviverde encanta com o seu time sub-20. Com um futebol vistoso, o São Paulo chega ao clássico com 100% de aproveitamento.

Em campo, Vitinho é o grande nome da equipe de Cotia. Até o momento, são cinco gols e três assistências. Ele já entrou no radar do Bayer Leverkusen.

Pelo lado do Palmeiras, Endrick é a esperança do time alviverde de conquistar a primeira Copinha. Mesmo com 15 anos e jogando com atletas muito mais velhos, o garoto tem sobrado na competição.

E as atuações chamaram atenção do futebol europeu. Os jornais espanhóis dizem que o Barcelona está encantando com o atleta. Além disso, o Real Madrid também estaria monitorando e teria até um trunfo para contratá-lo: segundo o As. Juni Calafat, chefe de olheiros do clube, foi fundamental nas chegadas dos brasileiros Vinicius Jr. e Rodrygo e seria responsável para trazer Endrick.

E a história de Endrick também é ligada com o São Paulo. Quando tinha 10 anos, o jovem treinava em Cotia, mas, com família de Brasília, a condição era o São Paulo arranjar um emprego para o pai do atleta.

A diretoria tricolor ofereceu apenas uma ajuda de custo de R$ 150,00, segundo o site GE, e irritou o pai de de Endrick. Um ano depois, o atacante estava no Palmeiras e encantando de imediato.