<
>

Barcelona busca empate heroico, mas perde para o Bilbao na prorrogação e é eliminado nas oitavas da Copa do Rei

Atual campeão do torneio, Barcelona deu adeus a mais uma competição nesta temporada


Na reedição da última final da Copa do Rei, o Athletic Bilbao "se vingou" e venceu o Barcelona nesta quinta-feira por 3 a 2, em San Mamés, na prorrogação, nas oitavas de final da competição.

Muniain abriu o placar para os bascos logo com um minuto de jogo. Aos 20, Ferran Torres empatou para os catalães. Ambos foram verdadeiros golaços.

O Bilbao pressionou e enfim chegou ao gol aos 40 minutos do segundo tempo, com Martinez. Porém, nos acréscimos o Barça empatou novamente com Pedri, após assistência de bicicleta de Daniel Alves.

Porém, na prorrogação o Athletic Bilbao voltou a retomar a liderança do placar com um gol de pênalti marcado por Muniain.

Com este resultado, o Barcelona é eliminado nas oitavas de final da Copa do Rei e, em sexto em LaLiga, tem apenas mais uma chance de título para não encerrar a temporada sem taças, algo que não acontece desde 2007-08: a Europa League.

O Barça joga a Europa League pois ficou em terceiro em seu grupo na Champions.

Já o Athletic vai às quartas de final e aguarda o sorteio para saber quem será seu adversário. Valencia, Rayo Vallecano, Cadiz, Real Madrid, Real Sociedad, Bétis e Mallorca.

Só vale golaço?

Tanto o gol de Muniain, que abriu o placar, e de Ferran Torres, foram verdadeiras pinturas. Ambos foram marcados no primeiro tempo entre Athletic Bilbao e Barcelona.

Próximos jogos

O Barça volta a jogar neste domingo, fora de casa, contra o Alavés, por LaLiga, com transmissão pela ESPN no Star+ às 15h (Brasília).

No mesmo dia, o Athletic encara o Rayo Valecano fora de casa.

Ficha técnica

Athletic 3 x 2 Barcelona

GOLS: ATH: Muniain (2' e 105') e Martinez (85'); BAR: Ferran Torres (20') e Pedri (93')

ATHLETIC: Agirrezabala; Oscar de Marcos, Vivian, Martinez e Berchiche (Balenziaga); Garcia, Vesga, Nico Williams (Zarraga), Muniain; Sancet (Iñaki Williams) e Garcia (Berenguer). Técnico: Marcelino García Toral

BARCELONA: Ter Stegen; Daniel Alves, Piqué, Ronald Araújo, Alba; Pedri (Braithwaite), Busquets, Gavi (De Jong); Ferran Torres, Jutglà (Ansu Fati e Dest) e Ezzalzouli (Nicolas Gonzalez). Técnico: Xavi