<
>

Campeões mundiais em 1986, argentinos recebem licença honorária de treinador da Conmebol

Nesta quarta-feira, a Conmebol concedeu Licença Honorária de Treinador aos ex-jogadores Sergio Batista e Jorge Burruchaga e ao treinador Carlos Salvador Bilardo, campeões mundiais pela seleção argentina em 1986.

A premiação foi feita em homenagem às suas carreiras no futebol sul-americano e mundial. A licença foi entregue pelas mãos do Presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, e do Secretário-Geral Adjunto da instituição, Nery Pumpido.

Os dois jogadores viraram treinadores após o final de suas carreiras. Batista é diretor técnico desde 1994 e ficou marcado como o treinador campeão olímpico com a Argentina em 2008. Burruchaga é técnico de futebol desde 1999, com passagens pelo futebol argentino, mexicano e paraguaio.

A licença foi concedida, também, ao treinador da seleção campeã de 1986. Carlos Bilardo venceu, além do mundial com a Argentina, a Copa Intercontinental e a Libertadores com o Estudiantes, em 1968 e 1969.

A Licença Honorária de Treinador é dada aos diretores técnicos que se destacaram no futebol sul-americano. Ever Hugo Almeida, Francisco Maturana, Zagallo, César Luis Menotti e Alfio Basile, entre outros, já receberam a homenagem.