<
>

Presidente do Lyon vê 'bizarrice' do PSG com Paquetá, manda recado e diz que pode vender meia por R$ 500 milhões

Jean Michel-Aulas foi incisivo ao afirmar que o meia brasileiro não deixará o Lyon na próxima temporada, a não ser que uma oferta de 80 milhões de euros chegue à sua mesa


Presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas assegurou que, por ora, o meia Lucas Paquetá não vai a lado nenhum, senão permanecer no clube para a próxima temporada. Em entrevista à rádio francesa Europe1, o mandatário comentou sobre o interesse do Paris Saint-Germain e de outras equipes no brasileiro, e deixou claro que a única condição para o ex-Flamengo e Milan ir embora neste momento seria mediante ao pagamento de, no mínimo, 80 milhões de euros (R$ 503 milhões nas cifras atuais).

Sobre a contratação de Paquetá pelo Lyon, Aulas lembrou que o clube francês precisou desembolsar 21 milhões de euros (R$ 132 milhões) "do dia para a noite" para tirá-lo do Milan e que ele foi, sim, um dos principais reforços contratados.

Por outro lado, sobre o interesse do PSG na contratação do brasileiro, Aulas usou o termo "bizarro" e ainda citou o nome de Leonardo, diretor esportivo do clube parisiense, deixando claro que o destino de Lucas, a curto prazo, não será o Parque dos Príncipes. A não ser que uma boa proposta chegue as suas mãos.

“É verdade que Lucas é um dos grandes jogadores que nós procuramos. Tomei a decisão de trazê-lo, e fiz sozinho, porque era necessário desembolsar 21 milhões de euros do dia para a noite, no meio da pandemia. Atualmente, há um clube que consultou sobre ele, mas através da imprensa. Isso se tornou bizarro. Disse a Leonardo que ligarei para ele.", começou por dizer.

"Mas, não, Lucas não vai a Paris. Há outro clube que entrou em contato conosco e tem muito dinheiro, mas é confidencial. Ele permanecerá com a gente. Ele quer sair a médio prazo. Mas, como sempre digo, por 80 milhões de euros estamos sempre refletindo. Sou honesto", completou.

Paquetá chegou no Lyon em 2020, depois de uma passagem apagada pelo Milan. Na França, o brasileiro vem sendo um dos destaques da equipe, e em 24 jogos até o momento na atual temporada, marcou 8 gols e ainda deu 4 assistências.

O interesse do PSG no atleta foi noticiado nos primeiros dias do ano pelo jornal francês L'Équipe. Segundo o veículo, Leonardo deseja a contratação de Paquetá e tentará tirá-lo do Lyon para a temporada 2022/23. No clube parisiense, ele encontraria os companheiros de seleção brasileira Neymar e Marquinhos, além de ter a oportunidade de atuar ao lado de Lionel Messi.