<
>

Após recusar Corinthians e Atlético-MG, Suárez ficou pensativo com outra oferta que recebeu para sair da Espanha, diz jornalista

Suárez tem contrato até junho de 2022 com o Atlético de Madrid e pode deixar a Espanha rumo ao Aston Villa, time que contratou Philippe Coutinho e tem Gerrard como treinador


Com contrato até junho de 2022 no Atlético de Madrid, Luis Suárez pode já assinar um pré-contrato com outra equipe e sair de graça no meio do ano. Ou até mesmo já deixar o clube em janeiro, na atual janela de transferências. E uma proposta balançou o uruguaio.

Segundo o jornalista espanhol Gerard Moreno, o Aston Villa realizou uma oferta que agradou o jogador de 34 anos e o deixou balançado.

Treinado por Steven Gerrard, ex-companheiro de Suárez no Liverpool, a equipe de Birmingham acertou há poucos dias com Phillipe Coutinho, outro ex-parceiro do uruguaio nos Reds.

E a presença dos dois pode ser o trunfo para o artilheiro retomar os bons momentos na carreira. Na atual temporada, são 27 jogos pelo clube colchonero e nove gols marcados.

Na capital espanhola, já não se fala mais no Atlético de uma 'Suárezdependência', já que, no time de Simeone, Suárez tem atuado em poucos minutos.

Por conta da parte física delicada, o artilheiro perdeu espaço e viu Matheus Cunha, Ángel Correa, Griezmann e João Félix terem mais oportunidades com o técnico argentino.

Segundo o jornalista espanhol, por conta da proposta para retornar à Premier League, Suárez teria recusado outras ofertas, incluindo as de Corinthians, Atlético-MG e Palmeiras.

O Timão segue em busca de um nome de peso para vestir a camisa 9 em 2022. O alvo até o momento é Diego Costa, que rescindiu com o Galo após conquistar o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

Já o Alviverde é mais um que busca um nome forte para o ataque. O último a ser sondado foi Lucas Alario. No entanto, não houve acordo com o Bayer Leverkusen.