<
>

Futuro de Eriksen: como Brentford tem 'trunfo' para superar ambições maiores do Tottenham e contratar o meia

play
Ainda sem clube, Eriksen faz golaço em treino; CONFIRA! (0:23)

Jogador teve contrato encerrado com a Inter de Milão em dezembro após problema no coração (0:23)

Sem clube desde que rescindiu com a Inter de Milão, meia dinamarquês está perto de voltar à Premier League


Christian Eriksen ainda não decidiu onde vai dar sequência à sua carreira desde que rompeu contrato com a Inter de Milão. E dois clubes aparecem como os principais interessados: Tottenham e Brentford.

O Tottenham volta a campo nesta quarta-feira (19) para enfrentar o Leicester City, às 16h (de Brasília), em jogo atrasado pela 17ª rodada da Premier League, com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

O meio-campista já atuou nos Spurs, antes de acertar com a própria Internazionale, em janeiro de 2020, por 16,9 milhões de libras (R$ 129 milhões na cotação atual).

No entanto, o Brentford tem um ''trunfo'' que pode ser decisivo para selar a contratação: a forte presença de dinamarqueses no elenco.

Caso acerte com o clube, o meio-campista terá muitos compatriotas. Além do técnico Thomas Frank e do diretor Rasmus Ankersen, estão também Jonas Lossl, Mads Sorensen, Mathias Jorgenzen, Luka Racic, Mads Rasmussen, Christian Norgaard, Mathias Jensen e Mads Bidstrup, todos do mesmo país que Eriksen.

Em entrevista coletiva antes da partida contra o Manchester United, nesta quarta-feira (19), às 17h (de Brasília), que também terá transmissão ao vivo pela ESPN no Star+, o treinador comentou sobre o interesse em contar com mais um compatriota, com quem já trabalhou nas categorias de base da seleção da Dinamarca.

''Em condições normais, jamais aconteceria dele ser ser associado a nós, mas agora é diferente. Estamos honrados e esperamos que ele volte a jogar no mais alto nível. Ele quer chegar à Copa do Mundo de 2022 e nós esperamos que ele consiga'', disse Frank, sem entrar em detalhes sobre o andamento das negociações.

De acordo com informações publicadas, na última segunda-feira (17), pelo site "The Athletic", o Brentford iniciou conversas com o dinamarquês e pretende oferecê-lo um contrato de seis meses, com opção de extensão por mais uma temporada.

Por outro lado, Antonio Conte, técnico do Tottenham disse que ‘'a porta está sempre aberta'’ para Eriksen. Com a camisa dos Spurs, o meio-campista fez sucesso entre 2013 e 2020, quando disputou 305 partidas, anotou 69 gols e deu 90 assistências.

“Estamos falando de um jogador muito importante, mas principalmente de um homem de primeira, e o que aconteceu não foi bom para as pessoas que trabalham com ele e para as pessoas que o conhecem. Eu estava com medo naquele momento e agora vê-lo novamente pronto para jogar futebol é uma ótima notícia, e eu acho que, para Christian, a porta está sempre aberta'', afirmou Conte.

Desde que rescindiu contrato com a Inter de Milão, o jogador treina nas instalações do clube dinamarquês Odense, onde ele jogou entre 2005 e 2008, enquanto ainda não define o seu novo destino.

Eriksen sofreu um ataque cardíaco em junho do ano passado durante a Eurocopa, contra a Finlândia, e teve ser submetido a uma operação para colocação de um desfibrilador interno. O aparelho o impediu de continuar na Itália.

Agora, 100% recuperado, o meio-campista sonha em voltar a ficar a serviço de sua seleção, só que desta vez, para a disputa da Copa do Mundo do Catar.