<
>

Sóbis revela por que ficou 'meio chateado' com Edenilson após drible desconcertante em final com Inter e faz desabafo

Ex-atacante falou sobre o lance que foi criticado na partida contra o Athletico-PR, na decisão da Copa do Brasil em 2019


Com a camisa do Internacional, foram três passagens. No entanto, na última, em 2019, Rafael Sóbis foi 'crucificado' por um lance na final da Copa do Brasil, contra o Athletico-PR, em que o Colorado saiu com o vice.

Em entrevista ao canal Duda Garbi, no YouTube, o atacante, que se aposentou em 2021, falou sobre o lance que saiu como 'culpado' ao tentar ajudar na marcação de Edenilson em cima de Marcelo Cirino.

Na ocasião, o ex-atacante do Furacão passou ao driblar o volante, e a imagem de Sóbis 'abandonando' a jogada foi bastante criticada pelos torcedores gaúchos.

"Uma coisa que sou muito cobrado foi do lance da Copa do Brasil. Não que me irrita, mas é uma das primeiras vezes que vou falar. As pessoas me criticam porque saí caminhando. Eu não era para estar ali. Eu não fui driblado. Quem foi driblado era quem estava comigo (Edenilson). O que falaram de mim, sempre tem que ter um culpado. Eu não tinha o que fazer ali. Naquele lance, pela loucura do jogo, eu estava como se fosse um zagueiro. Se pegar a imagem, não aparece nenhum zagueiro nosso", começou por afirmar.

"Me xingaram para caramba, o Edenilson até pediu desculpas e tal. Eu fiquei meio chateado com o Edenilson, porque eu pedi. Lembro que ele falou: 'Já fiz uns 100 jogos, jamais faria isso'. Imagina se falo minha história? Ia arrebentar o Edenilson. Entende? Respeitei, tudo bem. Mas simples, não era para eu estar ali, eu fui tentar ajudar, eu não fui driblado e não tinha o que fazer. Não fico bravo com ninguém. Apenas uma forma de explicar o que é mesmo".

"Não sei se me chateou. Porque não fico p* da vida com comentários de pessoas que não entendem. Igual eu comentar de televisão, que eu não entendo. Então você vai relevar, porque eu sou um ignorante no assunto. Vai pegando, pegando, pegando e as pessoas acham que foi minha culpa", finalizou.

Revelado pelo Inter, Rafael Sóbis teve três passagens pelo clube. A primeira, entre 2004 e 2006. A segunda, entre 2010 e 2011. E a terceira em 2019. Ao todo, foram 213 jogos, 54 gols, duas conquistas de Libertadores, em 2006 e 2010, e três vezes o Campeonato Gaúcho, em 2004, 2005 e 2011.