<
>

Alessandro conta tudo da polêmica com Cristian no Corinthians e rebate ex-volante: 'Não preciso ser homem com ele'

Gerente de futebol do Corinthians abriu o jogo sobre a relação com o ex-volante do Timão no passado recente


Multicampeões com o Corinthians nas últimas décadas, Alessandro, hoje gerente de futebol do clube, e o volante Cristian seguem trocando farpas após uma situação mal-resolvida em 2017, quando o ex-lateral-direito disse a Cristian que ele não faria parte do elenco do Campeonato Paulista daquele ano.

Bravo com a atitude do ex-colega, o volante, em entrevista ao programa Arena SBT, ainda em 2021, detonou Alessandro e disse que o cartola 'não foi homem com ele'. Ao mesmo programa, mas na última segunda-feira (17), o dirigente rebateu as críticas de Cristian e explicou por que o volante não permaneceu no Corinthians naquele ano.

"Foi uma tomada de decisão da minha posição. Quando eu entender que um atleta não tiver mais uma conduta profissional, como ocorreu, preciso tomar decisões", disse o cartola, que prosseguiu.

"Ele disse que eu não fui homem com ele? Não preciso ser homem com ele, preciso ser homem com a minha esposa, nada além disso. Com ele, preciso ter respeito e profissionalismo, que é o que eu esperava que ele pudesse ter tido. Não ocorreu".

Em explicações ao programa, Alessandro disse que a 'gota d'água' foi Cristian ter ido à imprensa para fazer pressão em cima do Corinthians, uma vez que havia tido um diálogo prévio a portas fechadas.

"Ele se incomodou quando eu e o [Fábio] Carille comunicamos que ele não estaria no Paulistão. A partir dali, ele disse que não foi comunicado. Ele não foi inscrito na competição, chamamos ele na sala antes de soltar a lista, respeitosamente".

"Ele se incomodou, não falou nada e publicamente isso foi se repetindo. Falei: 'Cristian, já que você não vem conversar comigo, eu prefiro falar nos seus olhos que daqui para frente você está fora, pelo teu comportamento e não profissionalismo", finalizou.