<
>

Empresário diz que Benfica ofereceu cargo que era de Jorge Jesus a lenda do Milan

Clube português vem sendo comandado por Nélson Veríssimo desde a demissão de Jorge Jesus, em dezembro de 2021


Em busca de um novo treinador após a demissão de Jorge Jesus, no final de 2021, o Benfica ofereceu o cargo para Andriy Shevchenko, ex-atacante ucraniano que é uma das lendas da história do Milan. Quem revelou a oferta foi Alex Velikikh, que é empresário e comentarista de futebol.

Recém-demitido do comando do Genoa, da Itália, Shevchenko está livre no mercado e foi procurado pelo clube português. Ainda na visão de Velikikh, o ucraniano deveria considerar a oferta.

"Ele [Shevchenko] precisa agora de um período de pausa na carreira, que não deve ser adiado. Mas deve considerar a oferta do Benfica, que foi discutida anteriormente, ou talvez esperar por outro desafio", disse o agente, em declarações ao canal de TV ucraniano Oll TV.

Shevchenko está com 45 anos e desde 2016 dedica a carreira como treinador. Primeiro, como auxiliar técnico da seleção ucraniana, assumindo o cargo de treinador principal logo em seguida. O ex-atacante ficou no comando do seus país até 2021, ano em que fez campanha histórica na Eurocopa e levou a equipe às quartas de final.

Contratado em novembro de 2021 pelo Genoa, o ucraniano teve passagem desastrosa pelo clube, onde conquistou uma única vitória em 12 jogos. No Campeonato Italiano, a equipe é a atual vice-lanterna, com apenas 12 pontos conquistados e nenhuma vitória em 22 partidas.

Já o Benfica, tem o cargo de treinador vago desde o final de dezembro, quando demitiu Jorge Jesus. Desde então, quem vem comandando a equipe portuguesa é Nélson Veríssimo.