<
>

Tite deixa Neymar e Messi fora de seus melhores do mundo e põe Guardiola em 3º entre técnicos; veja votos

Treinador da seleção brasileira teve os votos revelados nesta segunda-feira (17) após anúncio dos vencedores do prêmio The Best da Fifa


Neymar apareceu em 15 listas no prêmio The Best, mas não na que foi feita por Tite. O treinador da seleção brasileira não votou em seu camisa 10 e nem em Lionel Messi na eleição para melhores do mundo da Fifa.

Tite foi com a maioria e escolheu Robert Lewandowski como principal destaque do futebol masculino. O polonês do Bayern de Munique acabou vencendo a premiação, em disputa particular com Messi e Mohamed Salah.

O atacante do Liverpool, aliás, ocupou o segundo lugar da lista elaborada por Tite. Quem fechou o pódio foi Karim Benzema, craque do Real Madrid.

Entre os treinadores, Tite não foi com a maioria e escolheu Roberto Mancini, campeão da Eurocopa pela Itália, como melhor do mundo em 2021.

Campeão da Champions League pelo Chelsea, Thomas Tuchel venceu a eleição e foi lembrado por Tite em segundo lugar, enquanto Pep Guardiola, campeão da Premier League e vice da Champions pelo Manchester City, ficou em terceiro na lista do treinador da seleção brasileira.