<
>

Rodrigo Caio volta ao Flamengo após lavagens no joelho; clube não trabalha com prazo de retorno

play
Prates comenta negociação com Arrascaeta: 'O Flamengo tem que pensar na instituição, não no empresário' (2:20)

A novela de renovação de contrato entre Flamengo e Arrascaeta ainda não chegou ao fim (2:20)

Dr. Márcio Tannure, chefe do departamento médico do Flamengo, explicou o processo de recuperação do zagueiro Rodrigo Caio


O zagueiro Rodrigo Caio parece finalmente recuperado para iniciar o processo de retorno aos gramados. Nesta segunda-feira (17), o dr. Márcio Tannure, chefe do departamento médico do Flamengo, concedeu entrevista exclusiva à Fla TV e explicou o passo a passo sofrido pelo defensor após a temporada 2021.

No dia 7 de janeiro deste ano, o ESPN.com.br antecipou a informação de que o defensor teria uma infecção no joelho que foi operado ainda em dezembro do ano passado. Tannure explicou à Fla TV o processo inflamatório de Rodrigo Caio, que precisou passar por duas lavagens no local da operação.

"Hoje foi o primeiro dia do Rodrigo Caio aqui no CT. Como dissemos anteriormente, o Rodrigo Caio fez uma artroscopia no dia 7 de dezembro e fez questão, inclusive, de levar um fisioterapeuta junto no período de férias para que ganhassemos tempo. Logo depois disso, notamos um processo infeccioso em um dos pontos".

play
2:20

Prates comenta negociação com Arrascaeta: 'O Flamengo tem que pensar na instituição, não no empresário'

A novela de renovação de contrato entre Flamengo e Arrascaeta ainda não chegou ao fim

"A partir daí, o Rodrigo retornou ao Rio, nós o internamos e fizemos uma lavagem mecano-cirúrgica, ele tomou antibiótico na veia e, após isso, foi feita uma nova lavagem para que acelerassemos essa recuperação. Ele teve alta no último sábado e, como dissemos, hoje é o início da reabilitação dele", disse o médico.

Mesmo completamente recuperado do problema, Rodrigo Caio ainda não foi informado pelo Flamengo qual será seu prazo de retorno aos gramados. Neste primeiro momento, o defensor faz trabalhos de reabilitação antes até mesmo de iniciar o processo de fortalecimento muscular.

"Não nos preocupamos com prazo e sim com etapas. A primeira etapa é de reabilitação. Para, a patir daí fazer o fortalecimento muscular, fisioterapia e trabalho de transição para o campo para voltar aos treinamentos", finalizou o médico.