<
>

Corinthians: Paulinho relembra passagem relâmpago na Arábia Saudita, fala em 'pior ano da carreira' e diz se pensa em seleção

Jogador de 33 anos foi apresentado nesta sexta-feira (14) e falou, novamente, como jogador do clube paulista


Paulinho foi apresentado nesta sexta-feira (14) no Corinthians. O volante volta ao Timão após um pouco mais de sete temporadas atuando no futebol do exterior.

Em entrevista coletiva, o jogador de 33 anos explicou os motivos que o fizeram deixar o Al-Ahli, da Arábia Saudita, e retornar ao Brasil. De acordo com o volante, foi o 'pior ano da carreira'.

“Junto com a minha família tomamos essa decisão. Chegamos no clube, e vocês me conhecem, jamais vou falar mal de um clube ou de outro, mas quando eu cheguei lá encontrei algumas situações que para mim não dava. Não foi problema financeiro, não foi problema com técnico. Foi um problema que eu não achei justo e tomei a decisão de rescindir meu contrato", começou por afirmar.

"Joguei dois meses, me elegeram como capitão da equipe. Mas, quando eu cheguei encontrei situações que não estou acostumado e preferi ter essa rescisão. Foi a melhor decisão”.

Pela seleção brasileira, Paulinho disputou duas vezes a Copa do Mundo, em 2014 e 2018. Sobre um possível retorno à amarelinha, o volante deixou claro que o foco é no Corinthians.

Meu foco é o Corinthians. Obviamente, é um ano de Copa do Mundo, que todos os jogadores sonham em jogar. Porém devido a esse meu último ano ter sido bem complicado, bem difícil, e quando houve o acerto com o Corinthians... hoje eu não vejo outra coisa além do meu clube".

"Eu não consigo pensar em seleção brasileira antes do meu trabalho aqui. Meu foco está 100% dentro do Corinthians. O que pode acontecer nos outros anos, as coisas sempre aconteceram na minha vida naturalmente. Se tiver que acontecer, vai acontecer. Mas estou muito feliz de ter voltado para minha casa”, finaoizou.