<
>

Após perder Nikão, Inter volta à carga por Marinho, do Santos, e busca empréstimo de meia da MLS

Time gaúcho busca opções no mercado após ver meia, que tinha contratação encaminhada, acertar com o São Paulo de última hora


O Internacional tem um velho novo alvo para reforçar o elenco do técnico Alexander Medina para a temporada 2022: o atacante Marinho, do Santos.

Depois de esfriar as tratativas para contratar o camisa 11 do Peixe nos últimos dias, o time gaúcho voltou à carga pelo jogador após os últimos desdobramentos do mercado.

Uma reunião entre dirigentes do Inter e representantes do jogador acontece nesta quinta-feira (13) e pode dar andamento ao negócio. Nenhuma oferta foi feita ainda pelo Santos.

Marinho tem contrato com o time paulista até o fim de 2022 e possui sondagens no mercado, em especial do exterior. O Santos reconhece a procura pelo seu principal jogador.

O camisa 11 voltou a ser alvo do Inter após a frustração com Nikão. A expectativa no Beira-Rio era por um acerto com o meia que deixou o Athletico-PR e tinha tudo praticamente certo para reforçar o clube.

No entanto, o jogador e seu empresário tiveram divergências financeiras com o Colorado, o que emperrou o acordo e levou Nikão ao São Paulo.

Outro que estava na mira do time gaúcho era David, do Fortaleza, mas a exigência financeira do clube cearense, que vai disputar a Conmebol Libertadores pela primeira vez em 2022, atrapalha o acordo.

Além de almejar Marinho, o Inter tem outro alvo para o setor ofensivo: Ezequiel Barco, meia argentino de 22 anos que está no Atlanta United, dos Estados Unidos.

O jogador foi revelado pelo Independiente e vendido ao clube de Atlanta em 2018. A negociação pode ser facilitada porque o atual time de Barco estourou a cota de estrangeiros e precisa liberar alguém.

Interessado no jogador, o Inter busca um acerto para empréstimo de uma temporada, até dezembro de 2022. Se chegar ao Beira-Rio, ele assumirá a vaga que era de Patrick, negociado com o São Paulo.

Até o momento, o Inter fechou com três reforços: o volante Liziero (ex-São Paulo), o meia D'Alessandro (ex-Nacional, do Uruguai) e o atacante Wesley Moraes (ex-Aston Villa, da Inglaterra).