<
>

Corinthians pode virar SAF? Diretor financeiro abre o jogo e diz como Botafogo e Cruzeiro podem 'ajudar' na decisão

play
Diretor financeiro do Corinthians descarta SAF neste momento: 'Hoje, não temos o menor interesse' (1:05)

Wesley Melo prefere esperar algo mais sólido do projeto Sociedade Anônima de Futebol: 'Vamos ver o que vem de experiência nos próximos anos' (1:05)

Wesley Melo afirmou que o clube paulista não tem interesse em virar SAF no momento


A diretoria do Corinthians concedeu nesta quarta-feira (12), a primeira entrevista coletiva de 2022, no CT Joaquim Grava. O presidente Duilio Monteiro Alves, o diretor financeiro, Wesley Melo, e o superintendente de marketing, José Colagrossi Neto, falaram sobre os planos do time para a temporada.

Questionado sobre a ideia de transformar o Corinthians em uma Sociedade Anônima do Futebol, assim como aconteceu recentemente com Cruzeiro e Botafogo, Wesley Melo negou a possibilidade disso ocorrer neste momento.

''Hoje o Corinthians não tem o menor interesse, não é a nossa diretriz. Pode vir a ser no futuro? Pode. Mas no momento a gente não precisa, não nas condições que estamos. Eu acho que é uma coisa muito nova. Precisa ganhar experiência ainda. Precisamos ver como serão as experiências de Botafogo e Cruzeiro, que espero que sejam bem sucedidas. Nós precisamos ter mais exemplos para formar opiniões mais sólidas para falarmos se serve para a gente nesse momento ou não''.

''De qualquer forma, olhamos para a Europa e a maioria dos clubes são privados, tem donos. Eles estão errados na Itália, Espanha e Inglaterra? Mas a cultura do brasileiro é diferente. A torcida do Corinthians, principalmente, é muito peculiar. Mesmo do ponto de vista financeiro e até mesmo estratégico, eu não vejo nenhuma necessidade da SAF nesse momento e nesse formato'', concluiu.

play
2:20

Corinthians já se prepara para a saída de jovens jogadores? Presidente cita previsões e explica mudança de filosofia

O zagueiro João Victor, por exemplo, chegou a entrar no radar do Benfica