<
>

Sheik diz que 'ninguém aguenta mais o Sylvinho' e coloca Libertadores na conta dos reforços do Corinthians: 'Até eu levaria'

play
'O Corinthians é mal trabalhado; e não vejo o Sylvinho como técnico para o ano que vem', diz Facincani (2:31)

Para Felippe Facincani, o Timão precisa de uma cabeça nova no comando da equipe (2:31)

Emerson Sheik detonou o trabalho de Sylvinho no Corinthians após empate contra o Grêmio


O Corinthians ficou no 1 a 1 com o Grêmio, no último domingo (5). E o técnico Sylvinho segue sofrendo muita pressão, inclusive de ídolos do clube.

Para Emerson Sheik, o comandante não consegue fazer a equipe jogar. Segundo o herói da conquista da Conmebol Libertadores 2012, o time não tem um desempenho que condiz com o elenco reforçado para a temporada.

“Não está dando mais. O negócio é o seguinte, Sylvinho, ninguém aguenta mais. Não está dando mais para ver o Corinthians jogar. Com tantos atletas, investiu, contratou, o que o Renato Augusto está jogando. Mas o Sylvinho não está conseguindo fazer o Corinthians jogar e não dá para continuar em 2022. Não esta fazendo o Corinthians jogar, e não foi só contra o Grêmio, foi o ano inteiro”, disparou Sheik durante o Arena SBT, completando.

“Com as contratações que teve, até eu consigo (levar para a Libertadores). O Corinthians não faz uma triangulação, não começa uma jogada”.

Ainda durante o programa, Sheik fez questão de reforçar que gosta de Sylvinho como pessoa e que as críticas são direcionadas apenas ao trabalho.

“Como pessoa, o Sylvinho é espetacular, agora, não vem fazendo bom trabalho. E se o Corinthians almeja algo na próxima temporada, precisa de outro treinador. O Duílio pode continuar contratando, daqui a pouco tem uma seleção, mas tem que jogar”, finalizou.