<
>

Flamengo inicia planejamento para 2022 e acerta venda de meio-campista que foi xodó de Ceni, diz site

play
Sormani 'torce' para o retorno de Jorge Jesus ao Flamengo: 'Para parar com essa história de olê, olê, mister...' (3:17)

'O Jorge Jesus não conseguiria repetir aquela performance', afirmou Sormani no F90 (3:17)

Rubro-Negro deu "ok" para a venda do meio-campista Max, de 20 anos, ao Colorado Rapids, dos Estados Unidos e que disputa a MLS


Dando início ao planejamento para a próxima temporada, o Flamengo acertou sua primeira venda visando 2022. Segundo informações publicadas pelo site "GE" nesta segunda-feira (6), o Rubro-Negro deu o "ok" para o meio-campista Max ser negociado para o Colorado Rapids, dos Estados Unidos e que disputa a Major League Soccer (MLS).

O valor acordado entre as duas partes para a venda foi de 1 milhão de dólares (R$ 5,7 milhões nas cifras atuais). Max, de 20 anos, se apresentará ao novo clube no início do próximo ano, depois de concluir a temporada pelo Cuiabá, clube ao qual foi emprestado pelos cariocas em 2021.

O Flamengo ainda manterá parte dos direitos econômicos do atleta, revelado nas categorias de base, visando uma venda futura. O acordo ainda prevê o pagamento imediato de 750 mil dólares (R$ 4,3 milhões), e o restante será pago ao término da temporada americana com o cumprimento de metas, consideradas "simples de serem alcançadas" pelo clube carioca.

Max foi promovido ao profissional do Flamengo no início do ano, quando Rogério Ceni ainda estava no comando da equipe. O meio-campista inclusive era um dos xodós do treinador, e jogou um bom número de jogos enquanto ele esteve por lá: 11 partidas e um gol marcado. Com Renato Gaúcho, foram apenas três, e o atleta não voltou a balançar as redes.

Pelo Cuiabá, Max tem 13 jogos disputados na temporada 2021 e marcou um único gol. No momento, a sua posição inclusive é uma das mais carentes do Dourado.