<
>

Novo presidente da Ponte diz que Messi e Cristiano Ronaldo são 'nota 7,5' e define Neymar: 'Zé Sérgio que faz gol'

Marco Antônio Eberlim, eleito para dirigir a Ponte Preta até 2025, deu declarações polêmicas sobre três das principais estrelas do futebol mundial


Eleito presidente da Ponte Preta até o fim de 2025, Marco Antônio Eberlim nunca foi conhecido pelo discurso suave, mas sim por opiniões polêmicas desde que era homem-forte do futebol do clube, em meados das décadas de 1990 e 2000.

E agora não é diferente. De volta ao clube, o cartola participou de uma live realizada pelo portal Só Dérbi e deu opiniões controversas sobre três estrelas do futebol mundial: Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e Neymar.

"[Neymar] É um Zé Sérgio que faz gol", soltou Eberlim, em referência ao ex-ponta-esquerda que fez sucesso entre os anos 70 e 80 com as camisas de São Paulo, Santos, Vasco da Gama e seleção brasileira, por quem teria disputado a Copa do Mundo de 1982 se não fosse uma grave lesão.

Sobre Ronaldo e Messi, dupla que protagoniza o futebol mundial há uma década e meia praticamente, Eberlim foi duro também. Chamou ambos de craque, mas disse ser capaz de listar "pelo menos" dez centroavantes e dez meia-atacantes brasileiros que são melhores que os dois.

O cartola ainda disse que os dois tremeriam se jogassem contra a Ponte Preta no Estádio Moisés Lucarelli lotado e garantiu: se enfrentasse Barcelona ou Real Madrid ao menos três vezes em Campinas, seu time ganharia uma com certeza.

"Temos que trazer o torcedor de volta para a Ponte Preta, principalmente aquele que tem dificuldade para ir, que não tem dinheiro. O diferencial do nosso clube é a torcida. Com Majestoso cheio, pode trazer o Real Madrid e o Barcelona para enfrentar, porque, de três jogos, um eu garanto que ganho", disse Eberlim.

"Enfrentar Cristiano Ronaldo, que é um Washington vitaminado, e o Messi, que a turma fala que é craque, pode mandar vir para o Majestoso, que eu quero ver o cara olhar para a nossa geral, com as organizadas e turma do amendoim, e não tremer. Vi jogador de seleção brasileira subir o túnel da Ponte e tremer igual vara verde", garantiu, antes de continuar sua análise.

"Cristiano Ronaldo é um Washington vitaminado. É tudo pé de rato. Futebol involuiu, mas esse pessoal jovem acha que é craque. Se tivesse visto Jorge Mendonça jogar, o Dicá jogar, Careca, Reinaldo centroavante do Atlético-MG. Enumero 10 centroavantes nossos aqui que, com uma perna só, jogariam mais que Cristiano Ronaldo. E enumero 10 meias que jogavam mais bola que o Messi".

O novo presdiente da Ponte também deu nota aos dois jogadores, que mais prêmios individuais ganharam na história do futebol moderno. Para Marco Antônio Eberlim, Cristiano Ronaldo e Lionel Messi são "nota 7,5".

"Longe de mim falar que são pernetas, que são jogadores ruins. Para no craque. Um é goleador, outro é craque. Genialidade é o que nós tivemos aqui", afirmou o dirigente.

"Dentro da área, Romário é 100 vezes mais matador e genial que o Cristiano Ronaldo. Diferencial dele [Ronaldo] é foco, vontade de vencer. Talvez alguns jogadores que citei não tinham essa vontade", continuou.

"Messi foi campeão do mundo? Não. Ganhou 10 jogos com a Argentina contra o Brasil? Não. Como é que pode ser genial? Jorge Mendonça, Rivellino e Ronaldinho Gaúcho eram muito mais geniais. Messi é bom moço, exemplo para todo mundo, Ronaldinho deixou de ser. Está com 33, 34 anos, disputou 5 Copas e não ganhou nenhuma. Ganhou lá na Europa, mas nunca jogou com o XV de Piracicaba no campo antigo".