<
>

Torcida do Manchester United planeja homenagem para Solskjaer contra o Arsenal

play
Emocionado, Solskjaer se despede do Manchester United e avisa: 'Nos veremos de novo' (0:49)

Treinador não comanda mais a equipe do Manchester United | CLIQUE AQUI e assista ao melhor da Premier League AO VIVO pela ESPN no Star+ (0:49)

Solskjaer foi demitido recentemente pelo Manchester United, mas segue contanto com enorme carinho dos torcedores do clube


Os torcedores do Manchester United estão preparando uma homenagem ao técnico Ole Gunnar Solskjaer na partida contra o Arsenal, nesta quinta-feira, pela Premier League, segundo apurou a ESPN. O norueguês foi demitido recentemente pelo clube após quase três anos no cargo.

De acordo com fontes, os fãs planejam fazer a estreia de uma bandeira enorme dedicada ao ex-atacante na arquibancada de Stretford End, uma das mais emblemáticas de Old Trafford.

Manchester United x Arsenal tem transmissão ao vivo pela ESPN no Star+ nesta quinta-feira (2), às 17h15 (de Brasília)

A homenagem marcará a 1ª partida em casa dos "Diabos Vermelhos" desde a demissão de Solskjaer, em 21 de novembro.

Fontes informaram que um grupo de torcedores pediu autorização à diretoria da equipe de Manchester para levar o bandeirão ao jogo. A alta cúpula deu a bênção, e o objeto poderá ser exibido na arquibancada.

O clássico contra o Arsenal também será o 1º desde que o alemão Ralf Rangnick foi contratado como treinador interino do United, com vínculo até o final da temporada 2021/22.

Como Rangnick ainda não regularizou sua permissão de trabalho na Inglaterra, porém, os Red Devils seguirão sendo comandados pelo auxiliar Michael Carrick contra os Gunners.

O alemão, de 63 anos, também precisa de um exame PCR com resultado negativo antes de poder entrar na Inglaterra, de acordo com as regras de COVID-19 do governo britânico.

Solskjaer foi demitido há poucos dias após a dura derrota por 4 a 1 para o Watford, encerrando sua passagem de quase três anos. Na temporada passada, ele levou a equipe ao 2º lugar da Premier League e à final da Liga Europa, mas viu seu trabalho ser dinamitado depois de uma série de sete derrotas em 13 partidas.

O norueguês, porém, segue sendo uma das grandes lendas do clube, já que defendeu a equipe com enorme sucesso por 11 anos, entre 1996 e 2007, ganhando seis Premier Leagues e fazendo o gol do título na famosa final da Champions League de 1998/99, contra o Bayern de Munique.