<
>

Flamengo: Arrascaeta entra por último em treino, dá boa impressão e deve formar quarteto com Gabigol, Bruno Henrique e Everton Ribeiro

Depois de lesões recentes, Pedro, Arrascaeta e Bruno Henrique foram a campo no treinamento do Flamengo desta quinta, em Montevidéu


O Flamengo se preparou nesta quinta-feira (25), dois dias antes da final da Conmebol Libertadores contra o Palmeiras, que você acompanha no FOX Sports e pela ESPN no Star+, às 17h. E a tendência é de força máxima em campo na decisão.

Durante o ESPN FC, o repórter Pedro Henrique Torre, que acompanhou para os canais Disney a atividade rubro-negra, trouxe detalhes do treino no Estadio Campeón del Siglo, do Peñarol. Segundo Pedro, os olhares estavam voltados para Arrascaeta.

O uruguaio, que jogou 17 minutos contra o Internacional e pouco mais de 30 minutos contra o Grêmio, chegou a desfalcar o time por 14 jogos por conta de uma lesão muscular. Nesta quinta-feira, foi o último a entrar no gramado. E deixou uma imagem positiva.

"O Flamengo treinou no estádio do Peñarol e colocou todo mundo em campo. Foram 15 minutos iniciais, deu para ver as expressões. Fica a expectativa e a ansiedade. Michael brincando com Thiago Maia, todo mundo dando risada. Penúltimo foi o Gabigol. O último a entrar foi o Arrascaeta. Entrou normalmente, deu uma corridinha e mostrou que estava legal, sem problema", contou Pedro, completando.

"Pedro e Bruno Henrique foram para campo. O Flamengo colocou a tropa toda. O Arrascaeta sentiu alguns movimentos, choques, ele segurava a bola e buscava o tranco para sentir a coisa de jogo. A ideia do Flamengo é colocar o quarteto que fez sucesso em 2019: Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol", informou Pedro, para completar.

"Não se abre mão em um momento decisivo. Tem o Michael, que vem numa fase muito boa. Mas é uma final, tudo isso conta. O Flamengo quer ter o time completo e está caminhando para isso", finalizou.

Nas últimas semanas, o departamento médico do Flamengo tem tido problemas, chegando a ser tópico de racha nos bastidores do clube, envolvendo até mesmo o técnico Renato Gaúcho, pelo número de lesionados.