<
>

Olympique de Marselha é atropelado pelo Galatasaray, vê Lazio vencer e está eliminado da Uefa Europa League

O Olympique de Marselha está eliminado da Uefa Europa League. Nesta quinta-feira, o time de Jorge Sampaoli perdeu por 4 a 2 para o Galatasaray, da Turquia, viu a Lazio vencer o Lokomotiv Moscou, e não tem mais chances de avançar à fase mata-mata da competição.

Líder isolado do Grupo E, o Galatasaray começou a partida com tudo diante do Olympique de Marselha. A equipe francesa, escalada com três zagueiros, tinha uma 'avenida aberta' pelo lado esquerdo. Luan Peres e Caleta-Car pareciam não se entender e foi por ali que o time turco construiu a vantagem no primeiro tempo.

Logo aos 12 minutos, em lance criado pelo meio e contando com grande espaço entre os zagueiros, Cicaldao recebeu na saída de Pau López e bateu para fazer 1 a 0. Os franceses reagiram e chegaram a ameaçar duas vezes, uma em bola na trave de Luan Péres e outra em boa defesa de Muslera. Só que, na defesa, os espaços seguiam livres para os turcos.

Aos 31 minutos, Cicaldao entrou sozinho pelo lado direito, driblou a marcação e tentou o cruzamento. A bola desviou em Caleta-Car e foi para o fundo do gol. Só a partir daí que Sampaoli passou Gueye a ajudar no setor. O Marselha parece ter acordado após o segundo gol e ameaçou a meta de Muslera.

O goleiro uruguaio fez grande defesa em falta cobrada para a área e, em seguida, Dieng, cara a cara, encheu uma bomba de pé direito, que resvalou no arqueiro e foi parar no travessão, assustando o uruguaio. A nota triste do primeiro tempo foi o ato da torcida, que arremessou copos no gramado mesmo com a vitória parcial. A ação foi criticada pelos próprios atletas do Galatasaray.

No segundo tempo, com uma linha de quatro na defesa ao invés dos três zagueiros, o Marselha parecia um pouco mais organizado e sem conceder tanto espaço ao rival. O Galatasaray, com o placar a favor, diminuiu um pouco o ritmo e procurou se fechar na defesa e deixar os franceses com a bola, fechando os espaços para diminuir a criação.

Sem forçar, após Sampaoli abrir ainda mais o Marselha, o Galatasaray chegou ao terceiro. Em contra-ataque pelo lado esquerdo, Feghouli entrou sozinho na segunda trave e apenas completou para o gol após cruzamento para fazer 3 a 0.

Na base do abafa, o Marselha conseguiu diminuir o marcador. Em pênalti mal cobrado, Milik parou em Muslera, mas marcou no rebote e deu esperanças aos franceses no confronto. Em cima do rival, o Olympique cedeu ainda mais espaço ao Galatasaray e passou a sofrer nos contra-ataques.

Em campo durante toda a partida, o brasileiro Gerson pouco fez para ajudar o Marselha. Tímido no meio-campo, o ex-Flamengo se limitou a passes curtos e se posicionou pelo lado esquerdo, próximo da área.

Para segurar a partida, o Galatasaray promoveu algumas alterações, dentre elas, o experiente Ryan Babel. Em seu primeiro ataque, o holandês recebeu lançamento e bateu sem chances para Pau López.

Mesmo sendo goleado, o Marselha não desistia. Logo na saída de bola, Milik, de novo, voltou a diminuir, mas a missão dos franceses na Europa League acabava ali.

Situação no campeonato

A vitória dá ao Galatasaray os 11 pontos e a liderança isolada do Grupo E. Por outro lado, ainda sem vencer na Uefa Europa League, o Marselha tem apenas quatro pontos, está na terceira posição da chave e não tem mais chances de classificação.

Foi bem: Cicaldau

O Galatasaray parece ter ganhado o lado esquerdo da defesa do Olympique de Marselha de presente. Com uma marcação confusa e espaçada entre Luan Peres e Caleta-Car, os franceses não encontravam a marcação de Cicaldau. O meia foi quem desequilibrou a favor dos turcos e, além de marcar o primeiro, ainda criou todo o lance do gol contra de Caleta-Car.

Foi mal: Luan Peres

Utilizado como lateral-esquerdo e terceiro zagueiro aberto no setor, Luan Peres sofreu na mãos dos turcos. Sem conseguir encontrar Cicaldau e Feghouli, o brasileiro chegou até a acertar a trave do Galatasaray, mas deixou e muito a desejar no sistema defensivo. No segundo tempo, após dura entrada, recebeu um cartão amarelo.

Próximos jogos

O Galatasaray volta a campo neste domingo (28), diante do Malatyaspor, às 13h, pelo Campeonato Turco. O Marselha enfrenta o Troyes, no mesmo dia, às 16h45, pela Ligue 1.

Ficha técnica

Galatasaray: Muslera; Yedlin, Nelsson, Marcão, Van Aanholt; Antalyali, Kutlu (Elmaz), Cicaldau (Morutan); Feghouli (Luyindama), Diagne (Mohamed) e Akturkoglu (Ryan Babel). Técnico: Fatih Terim.

Olympique de Marselha: Pau López; Llirola, Saliba, Caleta-Car, Luan Peres; Guendouzi, Gerson, Gueye (De La Fuente); Dieng e Milik. Técnico: Jorge Sampaoli.