<
>

Presidente do Palmeiras lembra 'mentiras' em busca por técnico e detalha como contratou Abel

play
Valdivia defende Abel de críticas no Palmeiras e dispara contra imprensa: 'Se fosse de Corinthians ou Flamengo, seria o mais p* do Brasil' (1:25)

Ex-meia do Alviverde falou com exclusividade ao ESPN.com.br | Final da Libertadores neste sábado (27) terá transmissão do FOX Sports e também pela ESPN no Star+ (1:25)

Presidente do Palmeiras, Mauricio Galliote revelou alguns bastidores da contratação do técnico Abel Ferreira


Abel Ferreira pode conquistar o bicampeonato da Conmebol Libertadores no Palmeiras em menos de um ano. Neste sábado (27), às 17h (de Brasília), o time alviverde disputa a decisão contra o Flamengo, com transmissão do FOX Sports e pela ESPN no Star+.

Um dos responsáveis pela contratação do treinador em 2020, o presidente Mauricio Galiotte contou os bastidores de como foi a vinda do português, que estava empregado no PAOK, da Grécia.

"A gente montou um grupo de trabalho, para buscar um novo treinador. E ali, queríamos mudar o perfil de trabalho do treinador. Vínhamos com uma garotada da base e queríamos alguém moderno, que trabalhasse com a base, pensamos em nomes fora do Brasil. Surgiu o nome do Abel. Foi no momento que meu pai morreu. São situações duras, difíceis, mas as coisas são assim", afirmou à Palmeiras TV.

Depois de ter trazido nomes experientes com carreiras de sucesso como Felipão, Mano Menezes e Vanderlei Luxemburgo, o Palmeiras resolveu apostar em um técnico desconhecido no Brasil.

"Chegamos no nome do Abel pensando sempre em um perfil. A nossa premissa era: que enxergasse o futebol de maneira diferente. Que também trabalhasse com categorias de base. Tínhamos dois nomes, inventaram outros, que ninguém queria vir. Tudo mentira, bobagem. Pedi para apresentarem um nome que a gente buscou e não quis vir. Chegamos em dois nomes, porque buscávamos um perfil diferente do que tínhamos experimentado até então. E o Abel se encaixava. Jovem, que buscava desafios, queria crescer, experiência na base... E acho que a contratação foi um acerto, um gol de todos os palmeirenses", disse.

Abel Ferreira venceu a Copa do Brasil e pode virar o primeiro treinador bicampeão seguido da Libertadores pelo Palmeiras.