<
>

Champions: Dzeko brilha, Inter de Milão vence Shakhtar e põe um pé nas oitavas de final

A Inter de Milão venceu o Shakhtar com dois gols de Dzeko e está perto de se classificar para as oitavas de final


Com dois gols do atacante Dzeko, a Inter de Milão venceu por 2 a 0 o Shakhtar Donetsk, no San Siro, pela quinta rodada da fase de grupos da Champions League, nesta quarta-feira (24).

No primeiro tempo, o time ucraniano perdeu três chances claras com o atacante Fernando (ex-Palmeiras). Os donos da casa também desperdiçaram algumas oportunidades.

Na volta do intervalo, os italianos tiveram um gol de Lautaro Martínez anulado, mas depois marcaram duas vezes e fecharam o placar.

Situação do campeonato

Com o resultado, a Inter assumiu de forma provisória a liderança do grupo D, com 10 pontos. O Real Madrid é o segundo colocado, com 8, seguido pelo Sheriff, com 6. Caso o time merengue não perca para o adversário, a equipe italiana estará classificada para as oitavas após dez anos.

Já eliminado da competição, o Shakhtar é o lanterna da chave, com um ponto.

O cara: Dzeko

O craque bósnio perdeu algumas chances no primeiro tempo e até maltratou a bola. Mas na segunda etapa ele mostrou toda categoria.

Aos 15 minutos, Perisic fez cruzamento na área para Darmian que finalizou. A bola bateu na marcação e sobrou para Dzeko, que chutou de primeira para o gol.

O bósnio marcou outra vez apenas quatro minutos depois. Após jogada de Perisic, que puxou para a linha de fundo e cruzou na área, o atacante cabeceou para o gol.

Ele quebrou uma marca negativa de cinco partidas sem balançar as redes.

Próximos jogos

A Inter de Milão entrará em campo fora de casa contra o Venezia, pelo Campeonato Italiano, neste sábado (27), com transmissão pela ESPN pelo Star+.

Já o Shakhtar Donetsk enfrentará o Inhulets pelo Campeonato Ucraniano, neste domingo (28), às 9h.

Ficha técnica

Inter de Milão 2 x 0 Shakhtar Donetsk

GOLS: Dzeko (dois)

INTER DE MILÃO: Handanovic, Skriniar, Ranocchia, Bastoni, Darmian (D'Ambrosio), Brozovic, Barella (Vidal), Calhanoglu (Sensi), Perisic (Dimarco), Lautaro Martínez (Joaquín Correa) e Dzeko. Técnico: Simone Inzaghi

SHAKHTAR: Trubin, Dodô, Vitão, Marlon, Matvienko, Maycon, Stepanenko (Marcos Antônio), Marcos Antônio, Tetê (Marlos), Pedrinho (Bondarenko), Solomon e Fernando (Mudryk) Técnico: Roberto De Zerbi