<
>

United: De olho em Pochettino, clube procurou ex-Barcelona para ser interino e avalia mais dois

Mirando Pochettino, o United conversou com Ernesto Valverde, asseguraram fontes à ESPN


O Manchester United conversou com o ex- técnico do Barcelona, Ernesto Valverde, sobre a possibilidade de se tornar técnico interino, disseram fontes à ESPN.

O United começou sua busca por uma nome de curto prazo para assumir a equipe até o final da temporada no domingo, após dispensar Ole Gunnar Solskjaer. Valverde, que levou o Barça aos títulos de LaLiga em 2018 e 2019, antes de sair em janeiro de 2020, é um dos nomes junto com Lucien Favre, ex- técnico do Borussia Dortmund, e Ralf Rangnick, ex-RB Leipzig.

As partidas do Manchester United na Premier League você acompanha AO VIVO com transmissão pela ESPN no Star+.

Rangnick, agora trabalhando no Lokomotiv Moscou, se distanciou do cargo, mas as primeiras conversas foram mantidas com Valverde.

Após a saída de Solskjaer, Michael Carrick foi colocado no cargo temporariamente e, apesar de ter vencido seu primeiro jogo por 2 a 0 contra o Villarreal na terça-feira, fontes disseram à ESPN que o clube continua empenhado em trazer outra pessoa até o verão.

Fontes disseram à ESPN que Mauricio Pochettino é o principal alvo do United do clube, mas o ex-técnico do Tottenham está sob contrato com o Paris Saint-Germain até 2023.

Pochettino, segundo fontes, estaria interessado em chegar ao Old Trafford. O argentino está em Manchester para o confronto da Champions League do PSG com o Manchester City no Etihad Stadium, nesta quarta-feira (24).

Questionado sobre o interesse dos Red Devils em sua entrevista coletiva antes da partida, Pochettino afirmou estar focado no PSG.

“Estou focado. Estou muito focado no futebol. Não sou criança. Passei toda minha vida jogando futebol. Sou técnico há 12 anos. Estamos num negócio que os rumores existem. Eu entendo o que está acontecendo. Às vezes é positivo, às vezes é negativo. Isso não me distrai. Rumores existem e precisamos viver com eles”.

Não podemos falar sobre isso em respeito ao meu clube, o PSG. O que os outros clubes estão fazendo neste momento não é da minha conta, não é meu problema. Estou focado no PSG. Não cometerei o erro de falar, porque você sabe muito bem que tudo o que eu falar, talvez sobre o que eu pensava no passado, quando estava no Espanyol, quando meu sonho era conhecer o Ferguson, não posso falar disso agora, vai ser mal interpretado. Ficará fora de contexto. Estou muito feliz no PSG”, se esquivou.