<
>

Uruguai faz proposta oficial a Gallardo, do River Plate, para assumir como técnico da seleção

Uruguai está sem treinador desde a última sexta-feira, quando Óscar Tabárez foi demitido após 15 anos no cargo


Segundo o repórter Javier Gil Navarro, da ESPN Argentina, a AUF (Associação Uruguaia de Futebol) fez uma consulta formal nesta segunda-feira ao estafe de Marcelo Gallardo, técnico do River Plate, para saber se ele tem interesse em assumir a seleção do Uruguai.

O contato foi feito por Ignacio Alonso, atual presidente da AUF, a Juan Berros, empresário do comandante argentino.

A seleção uruguaia está sem treinador desde a última sexta-feira, quando Óscar Tabárez foi demitido após 15 anos no cargo.

A Celeste vive situação dramática nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022, ocupando apenas a 7ª posição na tabela e correndo sério risco de ficar fora do Mundial do Catar.

No entanto, a pressa da AUF em ter um novo treinador não deve dar certo com Gallardo.

Ainda de acordo com a reportagem da ESPN, o argentino respondeu que "não falará com ninguém" sobre seu futuro enquanto o Campeonato Argentino não acabar.

A liga nacional, que é liderada no momento exatamente pelo River, se encerra oficialmente apenas em 11 de dezembro quando os Millonarios encaram o Atlético Tucumán, pela última rodada da competição.

Javier Gil Navarro ainda afirma que são "pequenas" as chances de Gallardo dizer sim ao Uruguai.

O nome do argentino, inclusive, já vem sendo cogitado há tempos em grandes clubes europeus, e o próximo passo do ex-meio-campista como treinador deve estar mesmo no "Velho Continente".

Além de Gallardo, outros nomes cogitados pela AUF são Diego Aguirre, atualmente no Internacional, e Hernán Crespo, ex-São Paulo.