<
>

Jornal francês que cobre PSG de perto vê Pochettino querendo 'fugir rápido' do clube: 'Divórcio inevitável'

Mauricio Pochettino, do PSG, é apontado como favorito para assumir o Manchester United após saída de Ole Gunnar Solskjaer


Após a ESPN revelar nesta segunda-feira que o técnico do PSG, Mauricio Pochettino, está "frustrado" com os bastidores do clube francês e é apontado como forte opção para assumir o Manchester United em breve, o jornal francês Le Parisien, que tem enorme acesso aos bastidores do Parque dos Príncipes, confirmou a apuração e trouxe outros detalhes sobre a situação.

O diário afirma que a situação entre o argentino e os principais dirigentes do Paris, como o diretor esportivo Leonardo, é mesmo ruim, e já fala em "divórcio inevitável" entre as partes.

O PSG volta a campo pelo Francês no domingo (28), contra o Saint-Étienne, às 9h (de Brasília), com transmissão AO VIVO pela ESPN no Star+

"Essa é uma questão que ninguém imaginou que faria tão cedo na temporada, depois de apenas 14 jogos de Ligue 1 e 4 de Champions League: até quando? Sim, até quando Mauricio Pochettino será técnico do PSG? Por mais maluco que pareça, a questão já é feita nos bastidores do clube, e, de acordo com informações, todas as opções estão na mesa", destacou o veículo.

O jornal afirma que a crise entre o argentino e os cartolas estão "no início", mas já é "latente" nos bastidores, mesmo com apenas 11 meses tendo passado desde que o ex-zagueiro assumiu a vaga de Thomas Tuchel no Parque dos Príncipes.

O veículo ainda afirma que o entorno de Pochettino também está em guerra aberta com o PSG.

"Em Manchester, já se fala na chegada rápida de Pochettino, mesmo antes do fim da temporada. Como sempre, o treinador permanece em silêncio. No entanto, seu entorno alimenta os jornais com informações, confiantes no desejo do treinador em comandar o United", afirmou.

"Isso só deixa o clima em Paris ainda pior. Parece que Pochettino está procurando por uma saída rápida e um divórcio a qualquer custo", disparou.

Um dos principais motivos da instatisfação de Mauricio no PSG, e que ele fez questão de deixar claro em entrevista recente ao jornal L'Équipe, é que ele está tendo que aplicar "as ideias do clube" em seu trabalho, e não "seus princípcios" como técnico.

O contrato de Pochettino em Paris vai até junho de 2023, mas o Le Parisien afirma que a situação pode escalonar e mudar bruscamente dependendo do resultado da esperada partida contra o Manchester City, na quarta-feira, pela Liga dos Campeões.

"A separação entre o técnico e o PSG já parece inevitável a curto ou médio prazo", aponta o veículo.

"Apesar de ter um elenco que é invejado em toda a Europa, Pochettino nunca pareceu verdadeiramente feliz em seu posto. E se ele sair, o PSG terá que fazer o que já fez muitas vezes nos últimos anos: começar novamente do zero", finalizou.