<
>

Libertadores: Brasil garante 21º título e diminui vantagem para Argentina em ranking; veja lista

play
Torcida do Palmeiras faz incrível festa ao lado do Allianz Parque e torcedor se pendura até em poste (0:26)

Palmeiras venceu o Flamengo na prorrogação e foi campeão da Libertadores (0:26)

Conquista do Palmeiras, neste sábado, em Montevidéu, é a 21ª da história do futebol brasileiro no maior torneio de clubes da América do Sul


O terceiro título do Palmeiras na Conmebol Libertadores, conquistado neste sábado (27), sobre o Flamengo, em Montevidéu, também ajudou o Brasil a diminuir a vantagem para a Argentina no ranking dos países que mais venceram o grande torneio sul-americano na história.

Agora, são 21 títulos brasileiros na Libertadores: 3 de São Paulo, Santos, Grêmio e Palmeiras, 2 de Cruzeiro, Internacional e Flamengo, mais 1 de Vasco, Corinthians e Atlético-MG.

Já a Argentina tem 25 conquistas, graças principalmente a Independiente (7), Boca Juniors (6), River Plate e Estudiantes (4 cada). Outros, como Racing, Argentinos Jrs, Vélez Sarsfield e San Lorenzo, venceram uma vez a Libertadores.

O Brasil leva vantagem no atual século, pois levantou dez vezes o troféu, contra sete dos hermanos. A maior parte dos títulos brasileiros, aliás, é a partir da década de 1990: 16 das 21 conquistas aconteceram desde então.

play
0:26

Torcida do Palmeiras faz incrível festa ao lado do Allianz Parque e torcedor se pendura até em poste

Palmeiras venceu o Flamengo na prorrogação e foi campeão da Libertadores

Juntos, os dois países mais tradicionais possuem 46 títulos em 62 edições do torneio. Uruguai (8), Colômbia (3), Paraguai (3), Chile (1) e Equador (1) completam a lista de vencedores, enquanto México, Peru, Bolívia e Venezuela jamais tiveram um clube campeão da Libertadores.

Veja lista com todos os campeões da Conmebol Libertadores:

1960 - Peñarol (URU)

1961 - Peñarol (URU)

1962 - Santos (BRA)

1963 - Santos (BRA)

1964 - Independiente (ARG)

1965 - Independiente (ARG)

1966 - Peñarol (URU)

1967 - Racing (ARG)

1968 - Estudiantes (ARG)

1969 - Estudiantes (ARG)

1970 - Estudiantes (ARG)

1971 - Nacional (URU)

1972 - Independiente (ARG)

1973 - Independiente (ARG)

1974 - Independiente (ARG)

1975 - Independiente (ARG)

1976 - Cruzeiro (BRA)

1977 - Boca Juniors (ARG)

1978 - Boca Juniors (ARG)

1979 - Olimpia (PAR)

1980 - Nacional (URU)

1981 - Flamengo (BRA)

1982 - Peñarol (URU)

1983 - Grêmio (BRA)

1984 - Independiente (ARG)

1985 - Argentinos Juniors (ARG)

1986 - River Plate (ARG)

1987 - Peñarol (URU)

1988 - Nacional (URU)

1989 - Atlético Nacional (COL)

1990 - Olimpia (PAR)

1991 - Colo-Colo (CHI)

1992 - São Paulo (BRA)

1993 - São Paulo (BRA)

1994 - Vélez Sarsfield (ARG)

1995 - Grêmio (BRA)

1996 - River Plate (ARG)

1997 - Cruzeiro (BRA)

1998 - Vasco (BRA)

1999 - Palmeiras (BRA)

2000 - Boca Juniors (ARG)

2001 - Boca Juniors (ARG)

2002 - Olimpia (PAR)

2003 - Boca Juniors (ARG)

2004 - Once Caldas (COL)

2005 - São Paulo (BRA)

2006 - Internacional (BRA)

2007 - Boca Juniors (ARG)

2008 - LDU (EQU)

2009 - Estudiantes (ARG)

2010 - Internacional (BRA)

2011 - Santos (BRA)

2012 - Corinthians (BRA)

2013 - Atlético-MG (BRA)

2014 - San Lorenzo (ARG)

2015 - River Plate (ARG)

2016 - Atlético Nacional (COL)

2017 - Grêmio (BRA)

2018 - River Plate (ARG)

2019 - Flamengo (BRA)

2020 - Palmeiras (BRA)

2021 - Palmeiras (BRA)