<
>

Atlético de Madrid: como João Félix deu a volta por cima e ganhou moral após ser detonado por Simeone no clube

Joia portuguesa de 21 anos vem se tornando peça fundamental no time do técnico argentino na temporada


Se na última temporada o atacante João Félix foi detonado no Atlético de Madrid pelo técnico Diego Simeone, que chegou inclusive a falar publicamente sobre a má fase que vivia o português na época, a relação entre os dois mudou 'da água para o vinho' na atual. Hoje, o camisa 7 deixou de vez a reserva sob o comando do argentino para se tornar peça fundamental na equipe titular.

Nesta quinta-feira (28), às 16h30, você acompanha Levante x Atlético de Madrid, por LaLiga, com transmissão AO VIVO pela ESPN no Star+.

Em sua terceira temporada com a camisa colchonera, Félix ainda tem apenas 21 anos, mas segue carregando um grande peso pelas costas: até hoje ser a contratação mais cara da história do clube espanhol, que em julho de 2019 pagou 126 milhões de euros (R$ 812,9 milhões na cotação atual) para tirá-lo do Benfica.

As duas primeiras campanhas foram traumáticas para o português no individual. Apesar do título de LaLiga conquistado em 2020/21, Félix ficou mais vezes no banco do que no time principal durante o período e, num total de 76 jogos, marcou 19 gols e deu oito assistências. Números bem abaixo que os que teve em Portugal, onde disputou um único ano entre os profissionais dos Encarnados e balançou as redes 20 vezes, dando ainda oito passes para gol.

O seu pior momento foi na última temporada. Além do desempenho abaixo em campo, o português viveu momentos de tensão com Simeone. O argentino não teve papas na língua para dizer que o camisa 7 não estava vivendo uma boa fase.

"Somos um time, não somos apenas um jogador. E, como somos uma equipe, precisamos que todos ajuem, para que a equipe funcione e as individualidades funcionem. Só assim o talento pode sobressair", disse, durante entrevista coletiva concedida em abril de 2021.

E apesar da baixa que teve no Atleti, a joia portuguesa vem mostrando jogo após jogo que está conseguindo se reerguer. E tudo isso por conta da mudança das suas atitudes, como publicou o jornal espanhol "As".

Na atual temporada, ele disputou mais da metade dos jogos como titular (quatro de sete) e tem sido decisivo nas últimas partidas. Contra a Real Sociedad, por LaLiga, e Liverpool, na fase de grupos da Champions League, Félix deu assistências, apesar de o Atlético de Madrid ter tropeçado em ambos.

De acordo com o veículo, Simeone está encantado com o comportamento do atacante em campo, com ou sem a bola, e vê o camisa 7 como um dos líderes do time, ao lado de outros 'medalhões' como Luis Suárez e Antoine Griezmann.

Ou seja, neste momento, a única coisa que falta para o português na atual campanha é marcar o seu primeiro gol. O feito ele tentará contra o Levante, no Estádio Ciudad de Valencia, pela rodada 11 do Campeonato Espanhol.