<
>

Manchester City 'bombardeia' West Ham, mas perde no pênaltis e é eliminado da Copa da Liga

Equipe de Pep Guardiola era a atual tetracampeã da competição e caiu nas oitavas


Tetracampeão da Copa da Liga Inglesa, o Manchester City está eliminado da competição em 2021-22. Nesta quarta-feira, o City ficou no 0 a 0 no tempo normal, mas perdeu por 5 a 4 nos pênaltis para o West Ham nas oitavas de final.

Todos os jogos de Manchester City e West Ham na Premier League têm transmissão pela ESPN no Star+.

Noble, Bowen, Dawson, Creswell e Benrahma fizeram todos os pênaltis para o West Ham.

Pelo lado do City, Foden chutou para fora, Cancelo, Gabriel Jesus e Grealish marcaram.

Com isso, chega ao fim a sequência de 21 eliminações seguidas do City na competição, onde ele é o único na história a ter quatro títulos seguidos. Mas o quinto não virá.

Durante os 90 minutos, o City chutou nada menos do que 25 bolas ao gol, mas parou no francês Areola, que fez nada menos do que 7 defesas para manter os Hammers vivos.

Situação do campeonato

Com o resultado, o West Ham se torna apenas a segunda equipe na história a eliminar Manchester United e Manchester City na Copa da Liga Inglesa.

Os Hammers avançam às quartas de final e aguardam o sorteio para conhecerem seu adversário. Liverpool, Tottenham, Chelsea, Arsenal, Sunderland, Leicester e Brentford são os outros classificados.

Próximos jogos

O City volta a jogar no sábado, no Etihad Stadium, às 11h30 (Brasília), contra o Crystal Palace pela Premier League.

Já o West Ham viaja para enfrentar o Aston Villa no domingo, às 13h30 (Brasília).

Ambas as partidas têm transmissão pela ESPN no Star+.

Ficha técnica

West Ham 0 (5) x (4) 0 Manchester City

GOLS:

MANCHESTER CITY: Steffen; Walker (Cancelo), Stones, Aké e Zinchenko; Fernandinho, Gundogan e De Bruyne (Grealish); Mahrez (Foden), Sterling e Palmer (Gabriel Jesus). Técnico: Pep Guardiola

WEST HAM: Areola; Johnson, Dawson, Diop e Cresswell; Soucek, Noble, Vlasic (Benrahma), Masuaku (Fornals) e Lanzini; Yarmolenko (Bowen) Técnico: David Moyes