<
>

Mesmo com derrota, Mancini elogia primeiro tempo do Grêmio: “Tivemos oportunidade de fazer o placar do jogo”

Após a derrota por 2 a 0 para o Atlético-GO nesta segunda-feira, o Grêmio segue em situação complicada no Brasileirão. A equipe soma 26 pontos e ocupa a 19ª colocação, brigando contra o rebaixamento. Mesmo com o resultado negativo no Estádio Antônio Accioly, o técnico Vagner Mancini elogiou o primeiro tempo de sua equipe.

“Tivemos uma grande oportunidade no primeiro tempo de fazer o placar do jogo. O Grêmio teve uma desenvoltura muito boa, jogou com velocidade, transição. Tudo aquilo que foi pedido no vestiário foi feito. Nós esbarramos em alguns erros que acontecem no jogo de futebol. Não vamos chegar com uma varinha mágica e corrigir todos os erros em uma semana de trabalho”, analisou o treinador.

Mancini também lembrou de como o aspecto psicológico influencia na decisão de seus atletas.

“É necessário que a gente tenha a cabeça no lugar, que sejamos emocionalmente equilibrados. Nós, que estamos à margem do campo, estomas tentado passar tranquilidade aos atletas. Eles também estão ansiosos, são seres humanos que querem acertar. Acho importante valorizar algumas coisas que estão sendo feitas durante a semana para que nos jogos a gente tenha uma postura diferente, e a postura foi diferente hoje. Volto a dizer, o primeiro tempo foi muito bem jogado, com chances reais de gol”, disse.

O comandante gremista também falou sobre a atuação de Paulo Miranda. O defensor foi expulso do jogo e ainda fez o pênalti que resultou no segundo gol do Atlético-GO.

“Temos que olhar o todo, priorizar o coletivo acima de tudo. O Grêmio está em uma situação onde todo mundo tem que dar a sua contribuição, não só os atletas que entram em campo, Todos precisam dar as mãos. A atuação do Paulo Miranda está ligada ao aspecto emocional. Não vou, de maneira alguma, analisar jogadores individualmente. Não é esse o problema”, concluiu.