<
>

Contratação de brasileiro pelo Barcelona foi 'uma das maiores vergonhas da história', diz empresário

A contratação de Malcom pelo Barcelona em 2018 foi classificada como 'uma das maiores vergonhas da história' pelo empresário André Cury.


As críticas às últimas gestões do Barcelona seguem pipocando. Nesta segunda-feira, o empresário André Cury deu entrevista à imprensa espanhola e detonou a contratação do brasileiro Malcom, que chegou no clube em 2018 após se destacar pelo Bordeaux.

“Escândalo. É uma das maiores vergonhas da história deste clube”, definiu Cury ao programa de rádio Què T'hi Jugues, da rádio Cadena SER.

De acordo com o empresário, foram pagos 10 milhões de euros em comissões a um intermediário chamado Junior Minguella na negociação.

“Malcom é brasileiro. O agente do jogador e seus dois representantes já tinham estado no clube comigo duas vezes. O clube não precisava de um intermediário, o Minguella, para nada. Além disso, o diretor esportivo do clube era francês. Para ir a Bordeaux, que está a 30 minutos daqui, não precisa de um intermediário nem para pagar 500 mil euros. Como vai pagar 10 milhões de euros de comissão a um senhor que não fez nada?”, questionou.

O mandatário do Barcelona no período era Josep Maria Bartomeu, que renunciou no fim de 2020.

Já o dirigente em questão era Éric Abidal, ex-jogador que trabalhou no departamento de futebol do clube.

As seguidas contratações que não funcionaram e a má gestão levaram o Barcelona a uma crise financeira sem precedentes. Os problemas refletem no campo, uma vez que a equipe azul-grená ocupa apenas a 9ª colocação de LaLiga.

A próxima partida é já nesta quarta-feira, às 14h (de Brasília), diante do Rayo Vallecano, com transmissão ao vivo e exclusiva para assinantes Star+.