<
>

Ídolo do São Paulo diz que jogadores fizeram complô para derrubar Crespo e dispara: 'Houve trairagem'

Agora comentarista, o ex-lateral Cicinho criticou Crespo ao afirmar que o argentino perdeu o vestiário, causando sua demissão


Cicinho sempre foi de não ter papas na língua quando jogava. E quando parou, seguiu o mesmo estilo. Agora comentarista, o ex-lateral disparou críticas contra Crespo.

Durante o Arena SBT, o campeão do mundo com o São Paulo afirmou que houve um complô feito pelos atletas para derrubar Crespo. Segundo ele, os atletas ficaram com as promessas não cumpridas com aqueles que ficavam de fora.

"É para o torcedor parar de ter dó do Crespo. Recebi informações que o Crespo era falso humilde. Jogador que não jogava, ele tentava trazer, próximo jogo vai jogar e não botava. Os jogadores ficaram p*** da vida, houve traíragem. Houve complô para que ele caísse", disparou Cicinho, que completou:

"Pode ver a postura do Benítez com Ceni e com Crespo. Complô que falo é que os jogadores deixaram de correr, O Crespo abriu que não tinha domínio do vestiário, mesmo disse que os jogadores não estavam fazendo o que pediam. Se enforcou sozinho. Veio o treinador que tinha que vir. E o Crespo tinha que sair", finalizou.

Rogério Ceni foi escolhido como substituto de Crespo e já comandou a equipe em duas partidas. Depois do empate em 1 a 1 na estreia contra o Ceará, no Morumbi, o Tricolor venceu o Corinthians por 1 a 0, também em casa.

O próximo desafio do São Paulo será contra o Red Bull Bragantino, no domingo. A partida será fora de casa e está marcada para às 18h15.