<
>

Presidente do Cruzeiro explica palestra na Europa e cita até recepção no Real Madrid: 'Paguei do meu bolso'

Em meio à greve de jogadores no Cruzeiro, o presidente Sérgio Santos Rodrigues esteve na Europa dando palestra em um evento de gestão. Nesta sexta, o mandatário explicou suas viagens e garantiu que pagou do próprio bolso.


O Cruzeiro vive uma greve dos atletas, que reivindicam o pagamento de salários atrasados para jogadores e, principalmente, funcionários. Em meio à crise, o presidente Sérgio Santos Rodrigues esteve na Europa dando palestra sobre gestão. A atitude não foi bem vista e, por isso, o mandatário fez um pronunciamento nesta sexta-feira para se explicar.

Segundo ele, foram duas viagens à Europa. Uma primeira para o World Football Summit, em Madri, e a mais recente para o Global Football Management, em Lisboa, no qual discursou.

“Foi uma viagem (a primeira) que eu fiz para um curso da Fifa, que tenho muito orgulho de ter passado. Foram poucos, 30 pessoas passaram. Só eu e o Thiago Scuro do Red Bull de presidentes de clubes brasileiros que entramos. Um curso que eu paguei do meu próprio bolso, uma viagem que eu paguei com meu próprio bolso”, justificou.

“Nessa viagem, após eu ser recebido no Real Madrid pelo vice-presidente do clube, assisti a um jogo a noite com o presidente do Real Madrid. No outro dia, vieram colocar que o presidente está viajando com salário atrasado. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Primeiro, porque eu não gastei dinheiro do Cruzeiro. Segundo, porque o que o Cruzeiro mais precisa hoje é dinheiro. E nesses locais que a gente faz um excelente relacionamento para que isso aconteça”, explicou.

Sérgio Santos Rodrigues também foi criticado por dar palestra em meio à crise de seu clube. Ele se defendeu afirmando que foi convidado para falar sobre desafios de gestão, exatamente a situação do Cruzeiro.

“’Sérgio foi lá para dar aula de gestão’, tentaram fazer ironia com isso. Eu fui lá para falar de desafio”, declarou.

O Cruzeiro tem 39 pontos e ocupa a 11ª colocação da Série B. O acesso é muito complicado, com apenas 8 rodadas restantes.