<
>

Zé Elias aponta erro do Flamengo no mercado e vê situação complicada para jogador nos bastidores: 'Fica aquele clima'

Comentarista dos canais Disney falou sobre as notícias mais recentes do Flamengo durante o F90 desta terça-feira


Zé Elias, comentarista dos canais esportivos do grupo Disney, opinou nesta terça-feira que o Flamengo errou ao negociar o zagueiro Natan com o Red Bull Bragantino, por empréstimo com obrigação de compra, em março deste ano.

O comentário do ex-volante da seleção brasileira foi feito após a divulgação de que a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) suspendeu o zagueiro Léo Pereira por dois jogos, o que o tornou desfalque para o Rubro-Negro na final da Conmebol Libertadores, contra o Palmeiras, em 27 de novembro.

A final da Conmebol Libertadores entre Palmeiras e Flamengo terá transmissão AO VIVO pelo FOX Sports e para assinantes Star+ em 27 de novembro

Durante o F90 desta terça-feira, na ESPN Brasil, Zé Elias concordou com Felipe Facincani, que viu Léo Pereira "se colocando cada vez mais longe do Flamengo", o que, teoricamente, teria aberto espaço para Natan, caso ele ainda estivesse na Gávea.

"Em relação ao Léo Pereira, não faz falta alguma (na final da Libertadores). Segunda coisa: com esse tipo de punição, ele se coloca cada vez mais longe do Flamengo. Terceiro: o clube tem grande chance de enxergar alguém na base para promover e ser um reserva imediato. Quarta situação: apesar de ter grande elenco, essas deficiências precisam ser cada vez mais expostas e repostas o mais rápido possível. Uma delas é encontrar um zagueiro reserva", disse Facincani, ao que Zé Elias acrescentou.

"Mandar o Natan para o Red Bull Bragantino e ficar com o Léo Pereira foi um erro do Flamengo", apontou.

Com vivência de vestiário, Zé também salientou que o cartão vermelho infantil recebido por Léo Pereira na semifinal da Libertadores, contra o Barcelona de Guayaquil, no Maracanã, deve ter sido mal recebido pelos companheiros de equipe.

Na opinião do ex-jogador, se Léo tiver "autocrítica", vai reconhecer que cometeu um erro bobo e em um momento chave da temporada.

"Pra ele fica ruim (suspensão da final), você entra no vestiário, os caras vão olhar e fica aquele clima no ar. Por mais que o ambiente seja legal no Flamengo. Se o cara tem autocrítica, o cara vai olhar e falar: 'Putz, dei mancada'", argumentou.

Além da punição, Léo Pereira e o Flamengo ainda foram multados em US$ 4 mil (R$ 22,13 mil) pela expulsão.

O valor será automaticamente debitado das cotas de televisão e patrocínio que o Rubro-Negro receberá pela participação na Libertadores.

Na atual temporada, Léo disputou 25 partidas pela equipe carioca, mas nunca se firmou como titular absoluto.

Nos últimos jogos do Campeonato Brasileiro, porém, o ex-Athletico-PR vem atuando com regularidade e agradando ao técnico Renato Gaúcho.