<
>

Zagueiro vê preconceito com goleiro do Chelsea fora da Bola de Ouro: 'Temos que fazer dobro que outros'

Kalidou Koulibaly ficou revoltado com o fato de Édouard Mendy não figurar na lista de 30 indicados à Bola de Ouro


O zagueiro Kalidou Koulibaly, do Napoli, ficou revoltado com o fato do goleiro Édouard Mendy, do Chelsea, não ter figurado na lista de 30 indicados ao prêmio "Bola de Ouro", concedido pela revista France Football ao melhor jogador do mundo.

Em entrevista após a vitória de Senegal sobre a Namíbia, pelas eliminatórias africanas para a Copa do Mundo, o defensor afirmou que vê preconceito na decisão do veículo francês em deixar Mendy de fora.

O Chelsea volta a campo pela Premier League em 16 de outubro, às 13h30 (de Brasília), contra o surpreendente Brentford, com transmissão pela ESPN no Star+

"É realmente uma pena que Édouard não é um dos indicados. Ele foi o primeiro goleiro africano a vencer a Champions League", apontou Koulibaly.

"Nós, negros, temos que continuar trabalhando e seguir em frente. Nós temos que fazer o dobro do que os outros para sermos bem avaliados", seguiu.

"Édouard é uma pessoa muito positiva. Falamos bastante sobre esse assunto. Ele continuará lutando para um dia estar lá (entre os indicados à 'Bola de Ouro'). Para mim, ele tem lugar entre os 30 indicados", complementou.

Na lista dos 30 indicados da France Football ao prêmio de melhor do mundo, só há um goleiro: Gianluigi Donnarumma, do PSG e da seleção italiana.

Entre os nomes que concorrem ao prêmio, aliás, só há cinco atletas negros: N'Golo Kanté e Romelu Lukaku, do Chelsea, Kylian Mbappé e Neymar, do PSG, e Raheem Sterling, do Manchester City.

Mendy, por sua vez, está concorrendo ao Troféu Yashin, premiação alternativa da revista dada exclusivamente a goleiros.

Confira os indicados ao Troféu Lev Yashin:

- Gianluigi Donnarumma (ITA), do PSG

- Ederson (BRA), do Manchester City

- Kasper Schmeichel (DIN), do Leicester

- Édouard Mendy (SEN), do Chelsea

- Thibaut Courtois (BEL), do Real Madrid

- Keylor Navas (CRC), do PSG

- Emiliano Martínez (ARG), do Aston Villa

- Manuel Neuer (ALE), do Bayern de Munique

- Jan Oblak (ESL), do Atlético de Madrid

- Samir Handanovic (ESL), da Inter de Milão