<
>

Efeito dominó: retorno de Pogba à Juventus faria clube italiano dispensar dois meias; diz jornal

Juventus estaria disposta a se desfazer dos meio-campistas Adrien Rabiot e Aaron Ramsey para pagar salário de Paul Pogba


Com vínculo perto do fim com o Manchester United, a Juventus estuda o retorno de Paul Pogba para 2022. E, de acordo com o jornal As, a saída de jogadores do atual elenco comandado por Massimiliano Allegri será inevitável.

A Velha Senhora estaria disposta a oferecer um salário de 12 milhões de euros (R$ 76,5 mihões) por ano para repatriar o francês, e devido ao grande investimento em salários, o time de Turim também buscaria se desfazer dos meio-campistas Aaron Ramsey e Adrien Rabiot, ambos com contrato até 2023.

Pogba tem contrato com os Red Devils até junho de 2022 e ainda não decidiu sobre o seu futuro. O jogador tem proposta do clube inglês por renovação, mas ainda não assinou o termo e pode deixar Old Trafford sem custos a partir de janeiro.

Após a partida entre França e Bélgica, pela Nations League, na última semana, o francês respondeu sobre especulações a respeito de um possível acerto com a Juve.

"Eu gosto de Turim. Sempre converso com ex-companheiros da Juventus, como Dybala. Estou em Manchester e tenho contrato até junho. Quero terminar esta temporada no melhor nível e logo veremos", disse ao canal italiano 'Mediaset'.

Antes de assinar com o United, em 2016, o jogador atuou por quatro anos no time de Turim, onde disputou 178 partidas, marcou 34 gols e deu 40 assistências.

A Juventus volta a campo no dia 17 de outubro para enfrentar a Roma, às 15h45 (de Brasília), pelo Campeonato Italiano, com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.