<
>

Willian comenta amizade com Mourinho e diz que técnico tentou levá-lo para a Roma antes de acerto com Corinthians

Entre as principais contratações do futebol brasileiro neste segundo semestre, o meia-atacante Willian retornou ao Corinthians após mais de uma década e vem tentando ajudar o clube que o revelou a conquistar melhores resultados na temporada. O jogador de 33 anos voltou com uma vasta bagagem da Europa, com passagens por Chelsea, Arsenal, entre outros clubes, além de ter convivido com técnicos renomados, um deles José Mourinho.

Em entrevista ao programa "Arena SBT", Willian falou sobre a estreita relação que tem com o técnico português, que conheceu no Chelsea e atualmente está na Roma, e lembrou que o "Special One" tentou levá-lo para o clube italiano, antes do acerto com o Timão.

"Ele (Mourinho) sempre fez algum contato com o meu empresário. Desde quando trabalhei com ele no Chelsea, e aí quando ele foi embora ficamos amigos. Sempre nos falávamos por mensagem ou ligação e, claro, eu sei que ele gosta muito de mim, tem um respeito muito grande por mim também, eu também por ele", começou por dizer Willian, lembrando que não houve acordo com a Roma.

"Não chegou nenhum acordo com ele, nem com a Roma", finalizou.

Nos Blues, único clube em que trabalharam juntos até o momento, o brasileiro e o técnico português foram campeões da Premier League e da Copa da Liga Inglesa na temporada 2014/15.

Depois, Mourinho deixou o Chelsea em 2015, enquanto Willian continuou até 2020, quando se transferiu para o rival Arsenal. A permanência nos Gunners, porém, foi curta e o jogador acabou decidindo voltar ao Corinthians em 2021. Ele relembrou da decisão e do adeus à equipe londrina.

"O meu ano no Arsenal foi um pouco complicado, realmente eu não consegui me adaptar ao clube, não fui feliz lá. Não foi o clube que quis que eu fosse embora, eu que quis ir embora. Expûs meu sentimento, falei que não estava feliz, que queria outros ares e outro lugar para jogar e por isso essa decisão de sair. Tem coisas na vida que dinheiro não compra, não paga. Você ter alegria, felicidade, paz, uma família feliz, sólida. Isso é o mais importante", finalizou.