<
>

Mãe de Cristiano Ronaldo revela conversas com o filho sobre City e United e o pedido que pode fazer 'sobrar' para um brasileiro

A mãe de Cristiano Ronaldo, Dolores Aveiro, pediu ao filho que volte a jogar pelo Sporting, clube que o craque defendeu entre 1997 e 2003, quando assinou pelo Manchester United.

Nesta quarta-feira (22), às 15h45 (de Brasília), o Manchester United enfrenta o West Ham pela Copa da Liga Inglesa, em Old Trafford, com transmissão AO VIVO pela ESPN no Star+. Ainda não é assinante? Para ter mais informações, clique aqui.

"Ronaldo tem de voltar aqui. Se fosse minha escolha, já estaria aqui. Gosta de ver os jogos do Sporting. Já lhe disse: 'Filho, antes de morrer quero que volte ao Sporting'. Ele diz: 'Vamos ver'. Mas se não for ele, será o Cristianinho!", disse Dolores Aveiro ao podcast "ADN de Leão".

"Com a idade dele joga melhor que o Ronaldo, que é o professor do filho. E ele já lhe disse: 'Pai, quando formos viver em Lisboa quero jogar no Sporting'. Agora começou no Manchester United e ver os dois juntos no Sporting era o meu sonho, era espetacular", afirmou.

A mãe do craque português brincou com o brasileiro Bruno Tabata: "O número 7 é dele... por enquanto. Quando o Ronaldo vier passa a ser dele!", acrescentou.

Ela ainda explicou sobre os rumores que envolveram o nome de Ronaldo na janela de transferências.

"Na TV, falava-se do Manchester City, mas ele me disse: 'Mãe, não se preocupe com o que estão dizendo porque estou indo para o Manchester [United]", disse.

"Ver o estádio lotado com 75 mil pessoas cantando seu nome foi uma emoção muito grande", disse Dolores Aveiro.