<
>

Daniel Alves no Atlético-MG? Rodrigo Caetano responde e diz como clube poderá 'caminhar com as próprias pernas'

play
Hoje gerente de futebol, 'São Victor' revela como ajuda o elenco do Atlético-MG em momentos decisivos (1:03)

Ex-goleiro do Galo e atual gerente do clube concedeu entrevista ao ESPN.com.br (1:03)

O Atlético-MG visita o Palmeiras nesta terça-feira pelo jogo de ida da semifinal da Conmebol Libertadores. Diretor de futebol do time alvinegro, Rodrigo Caetano concedeu entrevista antes da partida e falou, entre outros temas, sobre Daniel Alves e os investimentos dos mecenas do clube.

As melhores análises de Palmeiras x Atlético-MG e tudo do pós-jogo você assiste no Linha de Passe, às 23h25 (de Brasília), pela ESPN no Star+. Ainda não é assinante? Clique aqui e saiba mais.

"O Galo tem, no ano que vem, de outubro para novembro, a inauguração do seu estádio. E através do estádio, de uma equipe competitiva, da venda de atletas, muito em breve o Galo vai poder ampliar suas receitas e depender cada vez menos deles (mecenas). Hoje, não tem como. Eles estão fazendo esse aporte para que, lá na frente, o Galo possa caminhar com as próprias pernas", explicou o diretor de futebol em declaração à TV Band.

Ativo no mercado nos últimos meses, o Atlético-MG fez grandes contratações como Hulk e Diego Costa. No entanto, Rodrigo Caetano garantiu que o nome de Daniel Alves – atualmente sem clube – não é uma possibilidade.

"Apesar da sua trajetória extremamente vencedora, o líder positivo que ele sempre demonstrou ser, em momento nenhum o Galo foi procurado ou procurou o staff dele", afirmou. “Estou satisfeito com o elenco que temos e vamos lutar até o final com esse elenco, crente que somos capazes de sermos protagonistas”, completou.

play
1:03

Hoje gerente de futebol, 'São Victor' revela como ajuda o elenco do Atlético-MG em momentos decisivos

Ex-goleiro do Galo e atual gerente do clube concedeu entrevista ao ESPN.com.br

Sobre a partida desta terça-feira, o dirigente colocou o rival como estando “um passo à frente”.

"Só sei que o Palmeiras tem esse elenco forte porque vem fazendo esse investimento já a médio prazo, diferentemente do Galo, que iniciou ano passado. Eles estão desde 2015 nessa empreitada, um passo à frente de nós. Esperamos conquistar os títulos que eles conquistaram. Têm um elenco forte, jovem e um técnico qualificado. Só esperamos fazer um bom jogo e levar alguma vantagem para Belo Horizonte", comentou.