<
>

Herói do Manchester United vai de entregada na Champions a 'Sr. Decisivo' e entra em seleto grupo na Premier League

Jesse Lingard foi do inferno ao céu na última semana pelo Manchester United. No intervalo de cinco dias, o meia-atacante foi o vilão de uma derrota e o herói de uma vitória pelo clube que o revelou para o futebol.

O fã de esporte acompanha o Manchester United na Premier League pela ESPN no Star+. Clique aqui para mais informações.

Na terça-feira (14), o Lingard foi o vilão na derrota por 2 a 1 para o Young Boys pela Champions League. No último lance da partida, ele errou um passe no campo de defesa e entregou a bola para Jordan Pefok marcar o gol da vitória da equipe suíça.

Já no domingo (19), pela Premier League, o meia marcou o gol da vitória sobre o West Ham por 2 a 1 no apagar das luzes. Aos 44 minutos, o camisa 14 fez valer a 'lei do ex' e decidiu o jogo contra o time em que recuperou seu futebol na última temporada.

Após a partida, o Lingard disse que não se sentiu pressionado pelo erro cometido na Liga dos Campeões. "Obviamente foi difícil, mas você tem que superar algumas coisas. Erros são erros, mas você precisa dar a volta por cima rapidamente. E eu fiz isso hoje".

Com o gol marcado diante do West Ham, Lingard entrou em um seleto grupo de jogadores. Nas últimas cinco temporadas do Campeonato Inglês, apenas Sadio Mané, Raheem Sterling e Callum Wilson têm mais gols feitos a partir do 89º minuto de jogo.

Dois desses gols vieram neste início da temporada 2021-22. Antes de decidir contra o West Ham, o meia havia marcado nos acréscimos na rodada anterior, contra o Newcastle, porém o desfecho não foi tão dramático. O Manchester United vencia por 3 a 1 antes do tento marcado aos 47 minutos.

Além da remissão de Lingard, o gol também foi importante para a campanha do Manchester United na Premier League. A vitória deixa os Red Devils empatados na liderança com os mesmos 13 pontos de Chelsea e Liverpool, perdendo apenas no saldo de gols.