<
>

Jornal revela plano ousado do Barcelona para 2022: Haaland, Pogba e mais uma promessa

play
Sergio Agüero diverte equipe de fotografia do Barcelona em sessão com uniforme do Barcelona (0:11)

CLIQUE AQUI e assista ao jogos de LaLiga AO VIVO pela ESPN no Star+ (0:11)

Afundado em uma das maiores crises financeiras de toda a sua história, o Barcelona tenta 'aos trancos e barrancos' melhorar o nível do elenco. Apesar das recentes contratações de peso como Kun Agüero, Memphis Depay e outros, a equipe catalã sonha alto e, segundo o diário Mundo Deportivo, tem objetivos ambiciosos para 2022.

O Barcelona volta a campo, nesta segunda-feira (20), diante do Granada, às 16h, por LaLiga, com transmissão ao vivo e exclusivo pela ESPN no Star+.

Após conseguir uma drástica redução salarial com as saídas de Lionel Messi e Antoine Griezmann, e a aceitação de cifras bem menores por parte dos ídolos do clube, a diretoria do Barcelona tenta agora utilizar ao menos parte dessas economias para 'seduzir' três reforços a partir de 2022.

O que está mais próximo de um acerto parece ser Dani Olmo, nome do RB Leipzig e da seleção espanhola. O Mundo Deportivo informa há meses que, apesar do jogo duro dos alemães para liberarem a promessa, o Barcelona tem tudo acertado com o atleta, precisando alcançar apenas um valor de compra com o Leipzig.

A imprensa espanhola trouxe há algumas semanas a informação de que o Barcelona teria realizado uma oferta de 58 milhões de euros, cerca de R$ 350 milhões, mas que foi recusada pelos alemães. Para o futuro, a missão da direção culé será a de negociar com os alemães para que aceitem a proposta.

A publicação aponta ainda que, além de Dani Olmo, o Barcelona tem dois nomes de peso na mira, mas cada um vive uma situação diferente em seus respectivos clubes. Primeiro, o sonho da direção é a joia Erling Haaland, do Borussia Dortmund.

O artilheiro norueguês de apenas 21 anos despertou a atenção de praticamente todos os grandes clubes da Europa, mas segue firma na Alemanha. Na próxima temporada, o preço para tirá-lo do Aurinegro será de 90 milhões de euros, cerca de R$ 558 milhões.

Além do valor ao Dortmund, há ainda comissões ao pai de Haaland e para Mino Raiola, empresário do craque. Por conta disso, Joan Laporta deverá apostar na boa relação que tem com o empresário para vencer a concorrência e tentar levar a joia à Catalunha. A aposta da direção do Barça está na boa relação do presidente com o empresário.

play
0:11

Sergio Agüero diverte equipe de fotografia do Barcelona em sessão com uniforme do Barcelona

CLIQUE AQUI e assista ao jogos de LaLiga AO VIVO pela ESPN no Star+

Ainda no último mercado de transferências, Raiola e o pai de Haaland foram à Espanha para visitar as instalações do Barcelona e do Real Madrid, em uma clara análise de onde será o melhor local para o futuro do norueguês.

Por fim, o último desejo da direção do Barcelona é ninguém menos do que Paul Pogba. Atualmente no Manchester United, o campeão do mundo com a seleção da França em 2018 não aceitou as propostas de renovação de contrato, que tem duração apenas até junho de 2022. Com isso, o craque é visto como uma excelente oportunidade de mercado aos catalães.

Também representado pelo 'magnata' Mino Raiola, Pogba é alvo do Real Madrid para 2022, e exigirá um trabalho 'quase perfeito' de Joan Laporta nos bastidores para vencer essa batalha e levar o francês para o Camp Nou. A ideia do presidente é que o time conte com uma 'besta' no meio-campo.

A ideia inicial era Georginio Wijnaldum como reforço, mas o Paris Saint-Germain agiu mais rápido e conseguiu a contratação do ex-nome do Liverpool para a bilionária equipe de Mauricio Pochettino.