<
>

Guardiola diz que não vai se desculpar e nega problema com torcida do City: 'Se tivesse, saía'

play
Manchester City: Guardiola destaca como a Champions está ficando cada vez mais difícil e compara com os tempos de Barcelona (0:56)

Técnico projeta estreia difícil contra Red Bull Salzburg | CLIQUE AQUI e assista ao melhor da ESPN AO VIVO no Star+ (0:56)

O técnico Pep Guardiola não gostou nada das declarações de Kevin Parker, representante oficial da torcida do Manchester City sobre as críticas do próprio técnico, que achou que o Etihad pudesse receber um público maior na vitória por 6 a 3 diante do RB Leipzig, na rodada de abertura da fase de grupos da Uefa Champions League.

O espanhol se mostrou irritado com as palavras do representante e disse que passou por situações semelhantes nos demais clubes nos quais trabalhou ao longo da carreira.

"Não vou pedir desculpa pelas minhas declarações. Não é a primeira vez na carreira que digo algo semelhante. Disse também quando treinava o Barcelona e o Bayern".

"Quando tem um jogo difícil, como foi o do Leipzig, sei que é complicado pedir a todos que venham ao estádio no sábado seguinte. O que quis dizer foi que precisamos de apoio. Não interessa quantas pessoas estão no estádio, mas convido-os a vir e a disfrutar do jogo porque precisamos de apoio", disse o técnico.

Parker criticou o fato de Guardiola dar a entender que não entendia o porquê dos torcedores não conseguirem ir ao estádio em uma quarta-feira de noite, uma vez que a maioria têm filhos e ainda precisam lidar com os encargos da pandemia da COVID-19.

"Estou muito grato pelo apoio que tivemos contra o Leipzig. Estamos sempre gratos aos torcedores que vêm ao estádio porque sabemos o quão difíceis são os jogos e precisamos deles ao nosso lado. Nunca vim aqui questionar os motivos que levam as pessoas a não vir ao estádio. E não vou pedir desculpa".

"As pessoas colocam palavras na minha boca. Não tenho qualquer problema com os torcedores. Se tivesse, saía. Estas pessoas não entendem os meus comentários, mas estou aqui para defender o que disse. Quando cometo erros peço desculpa. Neste caso não vou pedir", finalizou.

O Manchester City retorna a campo neste sábado, pela Premier League, diante do Souphampton. A partida terá transmissão ao vivo e com exclusividade pela ESPN no Star+. Clique aqui e tenha mais informações.